Brics muda esquema de segurança, trânsito e serviços em Brasília

Esplanada e Setor de Clubes Sul serão afetados por 48 horas. Comando Militar do Planalto terá 10 mil pessoas envolvidas na segurança

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 12/11/2019 23:11

Com a chegada da XI Cúpula do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) na capital da República, a Força Aérea Brasileira (FAB)  e o Departamento de Trânsito (Detran-DF) detalharam o esquema de segurança adotado durante os dias de evento na Esplanada dos Ministérios – e que terá a movimentação de 10 mil militares. Na manhã desta terça-feira (12/11/2019), o Metrópoles foi até a região e flagrou a montagem de cercas e grades no local (foto em destaque).

O presidente Jair Bolsonaro receberá os líderes dos cinco países nesta quarta (13/11/2019) e quinta-feira (14/11/2019), no Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores. Segundo o Comando Militar do Planalto, por causa da Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), 18 órgãos serão implicados. No total, 10 mil homens e mulheres de forças militares serão empregados, além de viaturas blindadas, helicópteros e embarcações.

A parte que mais vai atingir os brasilienses será o trânsito. A Esplanada dos Ministérios (vias S1 e N1) e vias adjacentes (S2 e N2) ficarão fechadas por 48 horas, entre meia-noite de quarta-feira (13) e 0h de quinta (14).

A via S1 será interditada na altura da Catedral de Brasília e os veículos serão desviados para a via L2 Sul. Na via N1, a interdição será da altura da via L4, próximo ao Corpo de Bombeiros, até a via L2 Norte (buraco do Tatuí).

Divulgação/Detran-DF

 

O tráfego de veículos também não será permitido na S2, desde a L2 Sul (rotatória aos fundos da Catedral) até altura da L4 Sul, ao lado da Procuradoria-Geral da República. Na via N2, o fluxo será interrompido desde a rotatória do buraco do Tatuí, na L2 Norte, até altura da L4 Norte.

O Detran-DF sugere aos condutores que evitem transitar nas proximidades da Esplanada dos Ministérios nos dias 13 e 14 e utilizem como rotas alternativas as vias S3 (na Asa Sul), N4 (na Asa Norte) e o Eixo Rodoviário (Eixão).

Além disso, haverá interdições no Setor de Clubes Esportivos Sul, nas proximidades do Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB). As vias que dão acesso ao CICB serão fechadas durante toda a quarta-feira (13/11/2019), entre 0h e 20h.

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal atuará com 34 agentes em 17 viaturas e dois guinchos, implantando dois Pontos de Controle de Trânsito (PCTrans) nas vias N2 e S2 e quatro nas proximidades do CICB.

Servidores liberados

Os servidores públicos do DF e de parte dos Três Poderes terão feriado prolongado no período. A Portaria nº 594, que decreta ponto facultativo para as unidades da administração pública na Esplanada dos Ministérios, foi assinada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) na segunda-feira (11/11/2019). A medida, no entanto, não vale para quem trabalha em órgãos fora da Esplanada dos Ministérios.

O Senado Federal decidiu, no último dia 7, conceder ponto facultativo nos dias 13 e 14 de novembro, “considerando a necessidade de se resguardar a segurança de todos os participantes do evento”. Com isso, “caberá aos titulares das unidades do Senado Federal assegurar a integral preservação e funcionamento dos serviços considerados essenciais”.

O mesmo foi decidido para os servidores da Câmara dos Deputados. O ponto facultativo do Supremo Tribunal Federal (STF) foi definido em portaria, também do dia 7 de novembro.

O governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), decidiu decretar ponto facultativo nos dias 13 (neste caso, a partir das 12h) e 14 de novembro, em virtude da cúpula do Brics, emendando com o Dia da Proclamação da República, na sexta-feira. O texto foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) da última quarta-feira (06/11/2019).

Veja imagens da região:

No ar

De acordo com informações da FAB, foram planejadas ações de reforço na defesa aérea e no controle de tráfego aéreo. Cerca de 1,6 mil militares estarão envolvidos na missão.

A operação prevê criar áreas de exclusão, com três níveis de restrição a partir da Praça dos Três Poderes, em que só aeronaves autorizadas poderão sobrevoar. Os setores delimitados como de exclusão serão definidos pelas cores vermelha, amarela e branca. Na vermelha, com raio de 7,4 km da área central, será posicionada a defesa antiaérea, e o sobrevoo será proibido.

Já a área amarela cobre um raio de 46,3 km, abrangendo, inclusive, o Aeroporto Internacional de Brasília. Para sobrevoá-lo, é preciso coordenar autorizações junto à FAB, independentemente de as aeronaves estarem envolvidas em atividades operacionais relacionadas ao evento. Por exemplo, o helicóptero do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal em acionamento para resgate.

A área branca, considerada reservada, abrange um raio 129,6 km. Para sobrevoá-la não é necessário requerer autorização, mas a apresentação do plano de voo passa a ser obrigatória. O uso de drones está proibido durante a operação.

Aviação comercial

Em relação ao tráfego de aeronaves no aeroporto da capital federal, todos os voos operarão normalmente. “A FAB promoverá medidas de gerenciamento do fluxo para que, em momentos necessários, de pico de tráfego aéreo, possam ser feitas todas as atividades de segurança sem impacto para os passageiros”, informou a Força Aérea.

“Não haverá nenhum impacto para a aviação comercial, os horários serão mantidos, os pousos e decolagens permanecerão operando normalmente”, afirma o Chefe do Estado-Maior Conjunto do Comando de Operações Aeroespaciais (Comae), major-brigadeiro do ar Ricardo Cesar Mangrich.

A Inframerica, administradora do Aeroporto de Brasília, informou que para receber as delegações estrangeiras, o terminal contará com o aumento do efetivo da segurança no local. As forças policiais presentes no aeroporto, assim como os órgãos de fiscalização de trânsito, terão equipes extras no período.

O centro de controle operacional da concessionária está integrado com os órgãos de segurança pública para garantir a fluidez na comunicação e o compartilhamento de informações. A concessionária também se prepara para atender o fluxo maior de passageiros.

Serão utilizadas cerca de 40 aeronaves da FAB durante a operação: caça, transporte, asas rotativas e aeronaves radar, entre elas F-5M, A-29, H-60L Black Hawk, H-36 Caracal, E-99 e C-98 Caravan, além de integrantes da defesa antiaérea munidos de mísseis, que estarão ao redor da Esplanada dos Ministérios prontos para serem acionados se alguma aeronave descumprir as ordens da FAB colocando em risco a segurança da reunião.

O que abre e o que fecha

Educação
As escolas têm autonomia para aderirem ou não aos pontos facultativos em questão. As que aderirem aos pontos facultativos, que ocorrem na quarta-feira, a partir do meio-dia, e na quinta-feira, o dia inteiro, deverão repor as aulas. Em caso de adesão, cabe à cada escola comunicar aos estudantes, pais e responsáveis.

Saúde
A partir do meio-dia de quarta-feira (13/11/2019), as farmácias de alto custo, unidades básicas de saúde (UBS), ambulatórios e policlínicas estarão fechados e seguem sem expediente até o feriado, na sexta-feira (15). A Secretaria de Saúde recomenda aos pacientes com consultas agendadas para esses dias que procurem as unidades o quanto antes para efetuar e remarcação.

Todas as emergências dos hospitais regionais e as Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) funcionarão 24 horas por dia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também seguirá de forma ininterrupta, podendo ser acionado pelo telefone 192.

A Fundação Hemocentro de Brasília abre normalmente nos dias dos pontos facultativos, das 7h às 18h. Fechará somente na sexta-feira (15), devido ao feriado, e reabrirá no sábado (16), no horário normal.

Somente os Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) do tipo III, voltados ao atendimento de retaguarda e articulação em rede, estarão com atendimento 24 horas por dia. Os outros CAPs, dos tipos I e II, estarão fechados a partir do meio-dia de quarta-feira (13).

Delegacias
A Polícia Civil funciona em escala de plantão de fim de semana a partir desta quarta-feira (13/11/2019). A Delegacia Eletrônica funciona normalmente (https://delegaciaeletronica.pcdf.df.gov.br)

Corpo de Bombeiros Militar
Trabalha em regime de escalas de 24 horas, sem interrupção.

Polícia Militar
Não haverá expediente administrativo a partir das 13h de quarta-feira (13/11/2019). Depois, começa o plantão. O trabalho será em regime de escala, no esquema dos fins de semana. O policiamento estará na ativa 24 horas em todo o DF, sem alterações.

Defesa Civil
Funcionará em esquema de plantão, com equipe de campo e pelo telefone 199, em casos de emergências.

Metrô
Funcionará normalmente nos dias de ponto facultativo. No feriado, das 7h às 19h.

Transporte
Os ônibus do Sistema de Transporte Público Coletivo do Distrito Federal irão operar em esquema especial nos dias 13 e 14 de novembro. Já no feriado do dia 15 de novembro, os coletivos irão operar com tabela horária de domingo.

Confira a programação dos ônibus:
Quarta-feira (13/11/2019):

Linhas que ligam as regiões administrativas: tabela horária normal até as 14h e tabela de sábado após as 14h.

Linhas circulares que atuam nas regiões administrativas: não sofrerão mudanças.

Quinta-feira (14/11/2019):

Linhas que ligam as regiões administrativas: tabela horária de sábado.

Linhas circulares que atuam nas regiões administrativas: tabela horária de sábado.

Sexta-feira (15/11/2019):

Tabela horária de domingo em todas as linhas.

BRB
As agências do Banco de Brasília (BRB) e as unidades do BRB Conveniência abrirão normalmente nos dias de ponto facultativo. No feriado, estarão fechadas.

Detran-DF

  • Expediente administrativo: das 7h às 12h de quarta-feira (13/11/2019). Na quinta-feira, a fiscalização e a engenharia de tráfego estarão em escala de plantão.
  • Vistoria veicular: os usuários com vistoria veicular agendada para a quarta-feira, no período da tarde, e na quinta-feira deverão procurar o posto onde foi feita a marcação, no mesmo horário, entre os dias 18 e 22 de novembro, sem a necessidade de reagendamento.
  • Prova prática de direção: as bancas examinadoras funcionarão normalmente nos dias 13, 14 e 16 de novembro.
  • Diretoria de Educação: as aulas e cursos oferecidos pela Escola Pública de Trânsito ocorrerão normalmente.

DER
Não haverá atendimento a partir das 12h de quarta, nem na sede nem no posto do 3º Distrito Rodoviário, em Samambaia. O expediente voltará ao normal na segunda-feira (18/11/2019) a partir das 7h. Haverá fiscalização de trânsito e operação tapa-buracos em regime de plantão.

Agências do Trabalhador
Fecham às 12h de quarta-feira e reabrem na segunda-feira.

Na Hora
Postos do Na Hora funcionarão até as 12h de quarta-feira, conforme prevê o decreto que determinou os pontos facultativos. Não haverá expediente no feriado de sexta-feira (15/11/2019).

Restaurantes comunitários
Fechados somente no feriado de sexta-feira.

Ceasa
Abre normalmente nos dois dias de ponto facultativo, mas fecha na sexta-feira.

Outros órgãos
A Junta Comercial e a Ouvidoria Geral não terão atendimento presencial. Caesb não terá alterações no atendimento.

Últimas notícias