Brasília receberá três novas rotas de voos regionais. Confira quais

A capital federal é a única cidade conectada a todas as capitais brasileiras e peça-chave na retomada dos setores aéreo e turístico do país

atualizado 21/08/2020 20:40

aviãoPixabay

O Distrito Federal terá três novos voos regionais a fim de consolidar o mercado turístico interno na recuperação do setor devido à pandemia do novo coronavírus. As companhias aéreas Gol e Voepass passarão a operar, em um acordo de Capacity Purchase Agreement (CPA), conexões para Uberlândia (MG), Rondonópolis e Sorriso (MT) a partir do Aeroporto de Brasília.

A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, acredita que “o anúncio mostra a força de Brasília como hub nacional e consolida a capital federal como destino turístico para todos os brasileiros”.

A operação dos voos anunciados é uma extensão de outros três operados pelas empresas em Barreiras (BA), São José do Rio Preto (SP) e Araguaína (TO). Atualmente, Brasília é a única cidade do Brasil ligada a todas as capitais, com voos para 38 aeroportos de 37 cidades brasileiras, além de destinos internacionais. No ano passado, turistas de Chile, Peru e Paraguai também passaram a ter voos diretos para conhecer as atrações turísticas da capital.

Para Vanessa Mendonça, os voos são consequência da forte infraestrutura e da cartela oferecida por Brasília. “Todo brasileiro precisa conhecer sua capital. Brasília é muito mais do que a maioria das pessoas imaginam. Nossos parques, nossa arquitetura, nosso lago, entre outros, oferecem uma experiência única aos visitantes”, destacou.

Retomada gradual

Em grave crise desde março, devido à pandemia da Covid-19, o setor turístico se prepara para uma retomada gradual das atividades ainda em 2020. Para a secretária, todas as tendências apontam para um perfil de viagem para locais próximos, com preferência por destinos via rodovias ou com voos de curta duração. “Brasília é privilegiada nesse sentido, estamos no coração do Brasil, todos os destinos passam por aqui e, com toda a certeza, a retomada do turismo brasileiro também passará”, acredita a secretária.

0

Essa também é a aposta de Roberto Luiz, head de negócios aéreos da Inframerica, administradora do Aeroporto de Brasília. “Estamos retomando aos poucos os voos e reafirmando nosso potencial de conectividade com todo o país. Somos o único aeroporto com voos para todas as capitais brasileiras e diversas cidades do interior também estão sendo ligadas com a nossa capital”, afirmou.

O mês de julho, segundo a Inframerica, foi o terceiro seguido com aumento no número de voos e passageiros no Distrito Federal. Foram 260.358 passageiros e mais de 4 mil pousos e decolagens. “Depois de uma queda brusca no mês de abril, aos poucos, estamos retomando o fluxo de antes da pandemia, tomando todos os cuidados e investindo em tecnologia para que o passageiro possa voar com tranquilidade”, explica o diretor do consórcio.

Últimas notícias