Bombeiro leva tiro dentro de casa, é socorrido e morre em hospital

O bombeiro militar ficou em estado grave, após levar um tiro no pescoço. Ele foi levado com vida ao hospital, mas morreu na unidade de saúde

atualizado 11/11/2022 10:06

Segundo sargento do CBMDF foi baleado e morto em Ceilândia Arquivo Pessoal

Um bombeiro foi baleado, na tarde desta quinta-feira (10/11), dentro da própria casa, no Distrito Federal. O caso ocorreu na QNO 6, no Setor O, em Ceilândia. O militar foi socorrido em estado grave e levado, inconsciente, para o Hospital Regional da região administrativa. Após dar entrada na unidade de saúde, o militar não resistiu aos ferimentos e morreu.

O segundo sargento do Corpo de  Bombeiros Militar do DF (CBMDF) Walter Leite da Cruz foi baleado no pescoço, segundo a Polícia Militar do DF (PMDF).

O Metrópoles apurou que o homicídio ocorreu após uma perseguição policial, que começou devido à agressão de um homem à esposa. O suspeito teria sido preso pela manhã, por crime configurado na Lei Maria da Penha, e à tarde teria retornado ao local na intenção de matar a vítima.

Com a chegada da PM, o agressor teria pulado um muro e iniciado a fuga, pelos telhados das casas do conjunto G da QNO 06. Após alguns minutos, o suspeito teria caído na casa do bombeiro, que acabou baleado.

Walter deixa esposa e quatro filhos.

Em nota, a PMDF disse que “lamenta e se consterna diante da fatalidade acontecida. Informa ainda que já adotou todas as providências para apuração dos fatos e elucidação dos acontecimentos”.

Mais lidas
Últimas notícias