Avião chega ao DF com 14 mil doses de vacinas da Pfizer contra Covid

O voo da Latam saiu de Garulhos, em São Paulo, e pousou na capital às 19h40. Secretaria de Saúde vai guardar 10% das doses como reserva

atualizado 10/05/2021 21:41

Vacina da Pfizer chega a BrasíliaLatam/Divulgação

Avião da Latam com 14.040 doses da vacina contra Covid-19 da Pfizer/BioNTech chegou a Brasília na noite desta segunda-feira (10/5). O carregamento saiu do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, e desembarcou no Distrito Federal por volta das 19h40.

Do total de imunizantes disponibilizados pelo Ministério da Saúde, 10% serão guardados para uma reserva, em caso de perdas.

As 5,8 mil doses da Pfizer que chegaram ao Distrito Federal na semana passada começaram a ser aplicadas em pessoas do grupo prioritário nesta segunda. O lote chegou à capital no último dia 3, mas, até então, estava armazenado na Rede de Frio Central, porque, segundo a Secretaria de Saúde, a fórmula “necessita de um preparo muito minucioso”.

O voo desta segunda-feira faz parte do programa Avião Solidário da Latam. Com essa remessa, a empresa supera 30 milhões de vacinas contra a Covid-19 transportadas gratuitamente no Brasil. Desde 18 de janeiro deste ano, o programa tem apoiado a distribuição voluntária dos imunizantes pelo país por meio da operação da Latam Cargo.

Até o dia 12 de maio, serão transportadas 676 mil doses da vacina contra Covid-19 a partir de São Paulo/Guarulhos para 22 estados brasileiros.

Temperatura

Segundo a Secretaria de Saúde do DF, diferentemente da Coronavac e da vacina da AstraZeneca, o imunizante da Pfizer deve ser armazenado a temperatura de -65ºC e, antes de ser aplicado, deve ser diluído e agitado. “Todo esse processo é bem específico e cuidadoso para que a vacina seja bem preparada”, diz a pasta distrital.

0

“As equipes de vacinação vêm sendo treinadas desde janeiro para manusear e preparar a vacina. Após aberto, o frasco deve ser utilizado em até 6 horas. A seringa utilizada é mais fina e diferente das utilizadas nas outras vacinas contra a Covid-19. O volume aplicado também é menor, 3 ml. Para efeito de comparação, nas vacinas Coronavac e AstraZeneca o volume aplicado é de 5 ml”, detalhou a Saúde.

Últimas notícias