Após seca de 18 dias, chuva surpreende e volta a cair no DF

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a média climática que calcula a incidência de precipitações em junho é de apenas 4,9%

André Borges/Especial para o MetrópolesAndré Borges/Especial para o Metrópoles

atualizado 03/06/2019 16:40

Desacostumados com chuvas em junho, os brasilienses foram pegos de surpresa com as precipitações que atingiram a capital no começo da tarde desta segunda-feira (03/06/2019). De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a média climática que calcula a incidência de chuvas no mês é de apenas 4,9%.

O Distrito Federal não registrava chuvas desde o dia 16 de maio deste ano, segundo o órgão. Na data, alguns locais da capital sofreram com as tempestades e moradores registraram alagamentos em Vicente Pires, na Estrutural, em Taguatinga e Samambaia.

Ao Metrópoles, meteorologistas do Inmet explicaram que a circulação dos ventos teria possibilitado a chegada de nuvens carregadas nesta segunda (03/06/2019) e que as chuvas de junho, apesar de pouco prováveis, não são raras. A previsão do órgão é que as precipitações durem até esta terça-feira (04/06/2019).

Parte da Asa Norte chegou a ficar sem luz durante o dia. De acordo com a Companhia Energética de Brasília (CEB), problemas em um disjuntor de 34,5kV da subestação 3 provocaram o desligamento de 17.007 unidades consumidoras. A CEB não soube informar se os problemas têm relação com as chuvas, mas afirmou que, por volta das 15h, o fornecimento de energia foi retomado após manutenção.

Últimas notícias