Após queixas e reunião com Aneel, Neoenergia promete melhorar serviço

Empresa foi convocada para reunião na manha desta quarta (1º/12) e foi cobrada a apresentar melhorias no fornecimento de energia do DF

atualizado 01/12/2021 18:26

Após reunião com a diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), na manhã desta quarta-feira (1º/12), dirigentes da Neoenergia Distribuição Brasília se comprometeram a apresentar, dentro de 24 horas, um plano de ações emergenciais para os próximos meses, com melhorias nos serviços da empresa.

O encontro ocorreu após a reportagem do Metrópoles divulgar um aumento de 96% nas reclamações registradas contra a nova distribuidora do Distrito Federal entre março e novembro deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Um salto de 1.720 para 3.380 queixas.

Durante a reunião, foram apresentados diagnósticos sobre a situação do fornecimento elétrico no DF que apresentou piora nos indicadores coletivos de continuidade DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) e FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora).

0
Outras medidas

Além do planejamento emergencial determinado durante a reunião, a Aneel elabora, em conjunto com a Neoenergia, um Plano de Resultados com medidas que a concessionária deverá implementar para a melhoria da qualidade do fornecimento de energia no DF. A expectativa é de que os resultados sejam atingidos em dezembro de 2022. Confira as medidas:

•         Ampliação: Prevê a construção de uma linha de distribuição 138 kV, instalação de um transformador 138/69kv em SE e instalação de 186 religadores;

•         Manutenção: Manutenção e roçagem em linhas de distribuição, manutenção estrutural e termográfica (2.792km), poda (1.872 km) e inspeção, termovisão e manutenção em SE (443);

•         Renovação: Reforma de 2 SEs, Substituição de equipamento em SE (37) e obras de melhoria em redes de distribuição (137).

O que diz o Ministério Público

Nesta quarta-feira (1º/12), Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão (PDDC), do Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT), recomendou à Neonergia que instale novos postos de atendimento presencial no Distrito Federal. Caso a empresa não elabore um plano de instalação, dentro de 45 dias, o órgão tomará as medidas cabíveis.

Segundo a empresa, existem atualmente apenas nove locais de atendimento físico aos consumidores, todos em unidades do Na Hora. E, na avaliação do MPDFT, o número de postos disponíveis atualmente é insuficiente para atender as 33 regiões administrativas no Distrito Federal.

Neoenergia

Na noite dessa terça-feira (30/11), a Neoenergia Distribuição Brasília informou ter atendido 100% de todas as ocorrências registradas entre sábado (27) e domingo (28), mas que ainda precisa atender aos apagões de segunda (29). Moradores de diversas regiões do DF reclamaram da falta de luz que nos últimos 5 dias.

Nesta quarta (1/12º), mais 81 trabalhadores de demais regiões do grupo Neoenergia se deslocaram para o DF para auxiliar nas demandas locais. O grupo soma-se aos demais 300 profissionais extras que foram realocados.

Mais lidas
Últimas notícias