Após mais de 70 dias, parques do DF reabrem com monitoramento e cuidados

Um balanço será feito para que as autoridades saibam quais os parques precisam de mais atenção

atualizado 03/06/2020 9:27

Reabertura dos parques no DF durante a pandemia de coronavírusRafaela Felicciano/Metrópoles

Os parques do Distrito Federal reabriram na manhã desta quarta-feira (03/06). E, aos poucos, o brasiliense começa a retomar as atividades físicas individuais no local, depois da suspensão causada pelo novo coronavírus. Nas primeiras horas do dia, poucas pessoas foram vistas no Parque da Cidade.

A secretária de Esporte e Lazer do DF, Celina Leão, e o administrador do espaço, Silvestre Rodrigues da Silva, participaram da “reestreia”. Segundo eles, a iniciativa precisa de uma uma operação com vários órgãos do GDF para que a retomada seja feita com o máximo de segurança possível.

“Hoje (quarta), ao fim do dia, vamos fazer um balanço na sala de acompanhamento da Covid-19 para saber qual foi o parque mais acessado e preparar a operação de forma mais ampla no fim de semana, quando acreditamos que haverá maior movimentação e visitação nos parques”, acrescentou.

0

Frequentadores

A comerciante Iranete Castro, 59 anos, aproveitou a reabertura para caminhar com o cachorro. “Nós dois estamos adorando. Desde o início da pandemia, foi a melhor notícia que tivemos. Como moro na 707 Sul, eu já tinha esse costume diariamente. O Pequeno (nome do pet) também estava sentindo falta do passeio. Acredito que se todos tomarem as precauções e usarem a máscara, não correremos nenhum risco de contaminação.”

Júlio César de Souza, 22 anos é atleta. Ele mora no Lago Norte e comenta que estava com dificuldades para manter os treinos com os parques fechados.

“Treinava de madrugada para tentar evitar o encontro com outras pessoas. Já tinha o costume de praticar atividade no Parque da Cidade e estava sentindo falta. Como é mais amplo, acho que não tem o perigo de ficar próximo dos outros. Com toda segurança e responsabilidade, avalio que seja fundamental esse retorno.”

É necessário que as pessoas estejam com máscara, usem o álcool em gel e façam as atividades individuais de forma segura. As autoridades contam com a educação das pessoas, uma vez que a situação atual exige cuidados. A promessa é de que a população seja monitorada para que respeitem as normas.

Mais de 400 voluntários da Secretaria que se colocaram à disposição, como profissionais de educação física, para orientar os frequentadores, além do DF Legal, da PMDF e de seguranças privados. Banheiros e bebedouros estarão isolados, bem como as áreas de atividades coletivas. E as pessoas precisam levar a própria água.

Dados

De acordo com a secretária, a tomada de decisões que ocorrem diante da pandemia do coronavírus está sendo feita baseada nos dados. Para ela, quando o parque é reaberto, a qualidade de vida melhora e há menos acesso ao sistema público de saúde.

Segundo o administrador do Parque da Cidade, Silvestre Rodrigues da Silva, o GDF conta com a conscientização das pessoas. “Acreditamos que, dessa forma, com as pessoas usando o espaço de forma adequada, as coisas acontecerão naturalmente.”

O tráfego de veículos será monitorado pelo Detran-DF. A segurança privada e a Polícia Militar ficam responsáveis pela segurança e controle de fluxo de pessoas. Os frequentadores só poderão acessar o Parque da Cidade por duas entradas: na altura do shopping Pátio Brasil e em frente ao Sudoeste.

Os estacionamentos para veículos serão o 4, o 5 e o 12. E as pistas externas também estarão abertas para que as pessoas pratiquem suas atividades e mantendo o distanciamento.

Cuidados

De acordo com o decreto, estão vetados: qualquer tipo de comércio dentro dos parques, inclusive ambulantes; equipamentos de musculação e demais áreas de atividades coletivas; uso de banheiros e bebedouros; acampamento.

No caso do Parque Nacional, as piscinas permanecerão fechadas e só será liberado o acesso às trilhas. Já no Parque da Cidade, o Nicolândia não funcionará.

Veja os parques que serão reabertos:

Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek;
Parque Ecológico do Paranoá;
Parque Recreativo do Gama (Prainha);
Parque Ecológico do Gama;
Parque Ecológico Sucupira (Planaltina);
Parque Ecológico do Lago Norte;
Parque Ecológico da Asa Sul;
Parque Ecológico Olhos D’água;
Parque Ecológico Ezequias Heringer (Guará);
Monumento Natural Dom Bosco (Lago Sul);
Parque Ecológico de Águas Claras;
Parque Ecológico do Riacho Fundo;
Parque Ecológico do Areal (Arniqueiras);
Parque Ecológico Veredinha (Brazlândia);
Parque Ecológico do Cortado (Taguatinga);
Parque Ecológico 3 Meninas (Samambaia);
Parque Ecológico do Tororó;
Parque Ecológico das Copaíbas (Lago Sul);
Parque Nacional de Brasília (Água Mineral).

Últimas notícias