Após lockdown no DF, UnB adia terceira etapa do PAS

Conforme comunicado da reitoria, apenas a terceira etapa, prevista para 7 de março, será adiada, ainda sem data para ocorrer

atualizado 28/02/2021 17:20

Universidade de Brasília - UnBRafaela Felicciano/Metrópoles

A Universidade de Brasília (UnB) afirmou, em comunicado oficial neste domingo (28/2), que irá adiar a terceira etapa do Programa de Avaliação Seriada (PAS) em função do novo decreto editado pelo Governo Federal no sábado (27/2). Os testes, que estavam previstos para 7 de março, ainda não têm data para ocorrer.

“As provas da Etapa 3 do Programa de Avaliação Seriada (PAS 3), previstas para o dia 7 de março próximo, serão adiadas. O adiamento será formalizado por meio de edital a ser publicado pelo Cebraspe. Nova data será informada por meio dos canais oficiais da Universidade e do Cebraspe, após criteriosa avaliação”, diz o comunicado.

Conforme estabelecido pela universidade, também estão suspensas atividades essenciais em laboratórios de ensino e pesquisa e outras atividades acadêmicas presenciais que eventualmente estivessem sendo realizadas. As exceções são as atividades desenvolvidas em laboratórios que atuam no combate à Covid-19 e pesquisas na área de ciências da vida cuja interrupção possa trazer prejuízos irrecuperáveis aos experimentos.

As aulas da UnB estão sendo realizadas em modo remoto desde março de 2020, assim como atividades administrativas da universidade.

O cronograma divulgado ainda em dezembro previa a aplicação dos testes a candidatos da terceira etapa no dia 7 de março; da segunda etapa no dia 14; e da primeira em 21.

Confira o comunicado na íntegra:

À comunidade universitária,

O Governo do Distrito Federal editou, no último sábado, 27 de fevereiro, um novo decreto com as medidas para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19 (Sars-Cov-2) até 15 de março. O novo decreto (n. 41.849) substituiu outros dois publicados no dia anterior e traz mudanças para os procedimentos no âmbito da UnB. Assim:

1) Ficam suspensas as atividades não essenciais, nos termos do novo decreto.

2) Fica autorizada a realização de todas as atividades permitidas pelo novo decreto, a exemplo daquelas relacionadas à construção civil (como obras e reformas nos campi) e ao funcionamento de escritórios (como os das empresas incubadas na Universidade e/ou ancoradas no Parque Científico e Tecnológico). O atendimento ao público, contudo, está suspenso.

3) Ficam suspensas as atividades presenciais em laboratórios de ensino e pesquisa e outras atividades acadêmicas presenciais que eventualmente estivessem sendo realizadas. As exceções são as atividades desenvolvidas em laboratórios que atuam no combate à Covid-19 e pesquisas na área de ciências da vida cuja interrupção possa trazer prejuízos irrecuperáveis aos experimentos.

4) Ficam autorizados os estágios presenciais realizados nas áreas e setores permitidos pelo novo decreto.

5) As atividades letivas permanecem exclusivamente em modo remoto.

6) As atividades administrativas seguem sendo realizadas de forma não presencial, por meio de trabalho remoto.

7) As provas da Etapa 3 do Programa de Avaliação Seriada (PAS 3), previstas para o dia 7 de março próximo, serão adiadas. O adiamento será formalizado por meio de edital a ser publicado pelo Cebraspe. Nova data será informada por meio dos canais oficiais da Universidade e do Cebraspe, após criteriosa avaliação.

A Universidade de Brasília reitera seu compromisso com a busca de soluções que nos ajudem a passar por este grave momento, tanto por meio do ensino, da pesquisa e da extensão de qualidade quanto pela atuação dos profissionais na linha de frente de combate à pandemia no Hospital Universitário.

Aproveitamos para nos solidarizar novamente com todas as pessoas que perderam entes queridos nesta pandemia e para reforçar a importância da ciência e da união diante desta crise. Sempre que puderem, fiquem em casa.

Márcia Abrahão
Reitora

Enrique Huelva
Vice-reitor”

Últimas notícias