Após 18 dias, família não tem pistas sobre ex-sargento desaparecido no DF

Claudio dos Santos Gonçalves foi visto pela vez em 16 de novembro, em Ceilândia. Ele é pai de um menino de 4 anos

atualizado 04/12/2020 19:02

Material cedido ao Metrópoles

Mais de duas semanas se passaram e a família do ex-sargento do Exército Claudio dos Santos Gonçalves, 34 anos, segue sem notícias sobre o seu paradeiro. O homem foi visto pela última vez na manhã de segunda-feira (16/11), por volta das 10h, no centro de Ceilândia.

De lá para cá, um grupo de buscas composto por familiares, amigos e voluntários foi formado. “Já fomos em Ceilândia, Taguatinga, Riacho Fundo, Recanto das Emas e no Núcleo Bandeirante. Vamos outra vez nos lugares mais isolados de Ceilândia para colar uns cartazes”, conta Kelly Barros Gonçalves, irmã de Claudio.

Com o passar dos dias, a angústia da família aumenta. “Estamos sem noção, porque estamos sem informações e fica difícil ter um norte”, lamenta.

0

 

As investigações, que estavam sob os cuidados da 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro), foram transferidas para a 23ª DP, no P Sul. Esta última tem um núcleo específico de policiais que investigam casos de desaparecimento.

Caso alguém tenha visto Claudio, deve entrar em contato com a família pelo telefone (61) 99197-3959 ou com a PCDF, por meio do 197.

Últimas notícias