Vida pós-Covid: 23% dos infectados relataram novos problemas de saúde

Estudo foi realizado nos EUA com dados de quase 2 milhões de pessoas que tiveram o coronavírus

atualizado 16/06/2021 19:25

Hospital Ronaldo Gazolla, referência no tratamento de Covid no Rio de janeiro pacientes utiAline Massuca/Metrópoles

Estudo da ONG FAIR Health com 1.959.982 pacientes que pegaram Covid-19 mostra que 23% (ou 454.477) apresentaram alguma nova doença depois de 30 dias ou mais de infectado.

A pesquisa, que reúne dados de clientes de seguro de saúde, mostra que os sintomas mais comuns relatados eram dores, inclusive nos nervos e músculos; dificuldades respiratórias; colesterol alto; mal-estar e fadiga; e hipertensão.

Outros problemas de saúde também constatados foram sintomas intestinais; enxaquecas; problemas de pele; anormalidades cardíacas; distúrbios do sono; e condições de saúde mental, como ansiedade e depressão.

O relatório inclui registros de pessoas diagnosticadas com o coronavírus de fevereiro a dezembro do ano passado.

Cerca de 40% dos pacientes que apresentaram sintomas de Covid não exigiam hospitalização. Desses, só 1% tinha como único problema a perda do paladar ou do olfato. Apenas 5% foram hospitalizados.

Mesmo as pessoas que não adoeceram quando pegaram o vírus apresentaram algum problema de saúde depois. Dos que apresentaram sintomas leves ou moderados, 27% voltaram ao hospital tempos depois com algum problema. Entre os assintomáticos, a incidência foi de 19%.

Veja a íntegra do estudo da FAIR Health:

Relatório FAIR Health – pacientes pós-Covid by Metropoles on Scribd

Últimas notícias