Conteúdo especial

VECor alerta para importância da atividade física em tempos de Covid

Clínica de multiespecialidades atua na prevenção e tratamento das comorbidades e no check-up pós coronavírus

atualizado 14/06/2021 13:59

Pouco mais de um ano após o início da pandemia do novo Coronavírus, já se sabe que a doença não afeta apenas os pulmões, mas atinge também outros órgãos do corpo. Além das medidas de proteção como distanciamento social, uso de máscara facial e álcool em gel, a atividade física se estabeleceu como um grande aliado das pessoas. Seja em intensidade leve ou moderada, a prática é capaz de melhorar a imunidade e pode servir como aliada para aumentar a resistência em casos de infecção pelo vírus, auxiliando para uma evolução mais favorável em caso de eventual infecção.

Chris Paulini, cardiologista da VECor Especialidades Médicas, clínica de multiespecialidades e atendimento individualizado de Brasília, defende que o combate ao sedentarismo é fundamental na prevenção e tratamento de comorbidades. Em geral, a prática de exercícios contribui para o controle de fatores de risco como cardiovasculares, metabólicos e inflamatórios. De acordo com a equipe médica da clínica, as doenças crônicas costumam se agravar com a infecção do vírus e sabemos que hipertensão arterial, diabetes mellitus, obesidade, hipercolesterolemia, infarto e derrame – são responsáveis por 70% das causas de mortes em todo o mundo.

Para se ter ideia da importância do exercício físico, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 5 milhões de mortes por ano poderiam ser evitadas se a população global fosse mais ativa fisicamente.

Para o cardiologista e arritmologista da VECor, Eustáquio Ferreira Neto, há uma necessidade de maior vigilância no período de recuperação, pós infecção pelo Covid-19, no sentido de investigar sequelas cardiovasculares, como miocardites e arritmias cardíacas, além da pesquisa de tromboses.

As consequências são mais graves para pacientes que tiveram quadros avançados da doença. De acordo com a avaliação do corpo clínico da VECor, 20% dos contaminados apresentam algum tipo de complicação após a Covid, entre elas: doenças cardíacas, lesões vasculares, patologias pulmonares e outras. Além disso, a equipe verificou aumento da incidência de transtornos ansiosos, síndromes do pânico e depressão durante a pandemia causadas, em parte, pelo isolamento social, medo da doença e até de situações irreversíveis. Para os especialistas da clínica, o exercício físico ajuda a equilibrar esses transtornos emocionais, influenciando a secreção de substâncias de bem-estar no organismo.

O que devemos saber

Por conta dessa gama de situações resultantes da infecção, é importante que o médico que deu alta ao paciente faça a orientação de quais especialidades procurar para um check-up pós-Coronavírus, principalmente antes do retorno das atividades físicas.

Nos casos de testagem positiva para a infecção, a equipe médica da VECor recomenda interromper os exercícios físicos mesmo que seja um quadro leve. Para eles, a doença ainda é nova e o conhecimento vai tomando corpo dia a dia.

Por mais que o paciente já realizasse exercícios antes de contrair a doença, é recomendado o retorno gradual somente após avaliação médica feita em período que varia entre três e seis semanas após a infecção – e, ainda assim, apenas se não for encontradas anormalidades significativas.

Caso a pessoa apresente sintomas como fadiga, cansaço, falta de ar, tosse seca, dor no peito, palpitações, inchaço nas pernas, dor nas pernas e vermelhidão após os 14 dias de isolamento recomendados, é necessária uma avaliação médica para obter orientações  individualizadas para a total recuperação.

Tudo em um só lugar

A VECor tem como objetivo oferecer um amplo leque de serviços médicos aos pacientes respeitando todos os protocolos de segurança exigidos durante o período de pandemia. Nesse sentido – e a fim de garantir proteção, eficiência e conforto aos pacientes –, a clínica tem como prioridade fazer com que as pessoas visitem o espaço e possam dar continuidade, sem qualquer preocupação, aos cuidados necessários à saúde.

A iniciativa conta com seleto grupo composto por 16 profissionais de diferentes áreas que oferecem serviços personalizados, abrangendo desde consultas presenciais, telemedicina, laudos e exames on-line a pronto atendimento em diversas especialidades.

Equipe Vecor
Atendimento com acolhimento, comprometimento e qualidade técnica, em várias especialidades

“A clínica é uma referência nacional nas especialidades médicas e exerce qualidade por meio de acolhimento humanizado e integral com alta capacitação técnica. Driblar o pânico de ser contaminado ao sair para consultas e exames tornou-se um dilema nos últimos meses. Por isso, além dos protocolos de segurança e ações de prevenção, as equipes contam com treinamentos, orientação e monitoramento para garantir o bem-estar de todos durante os atendimentos”, reforça a administradora da VECor, Alexandra Nowaki Vieira.

Dentre as especialidades oferecidas pela clínica estão:

  • Cardiologia
  • Angiologia
  • Cirurgia Vascular
  • Arritmologia
  • Endocrinologia
  • Dermatologia
  • Ginecologia
  • Pediatria
  • Neurologia

A clínica conta com ampla equipe e estrutura para um check-up completo, incluindo pacientes no período de recuperação da Covid-19 (após três a seis semanas da infecção).

 VECor Especialidades Médicas
Instagram | Facebook | YouTube
Endereço: SEPS 709/909, Centro Médico Julio Adnet – Conj. A, Bloco A, Sala 25 – Subsolo 1 – Asa Sul
Telefone: (61) 3551-8180 | (61) 3551-8052 | (61) 3551-8053 | (61) 3551-8054 | (61) 9 9214-2716