Conteúdo especial

UniProcessus: DF ganha novo centro universitário

Reconhecimento marca novo momento da instituição, que segue investindo em oferecer ensino de excelência com foco em carreiras públicas

atualizado 03/06/2022 14:00

As constantes atualizações tecnológicas e de processos administrativos requerem profissionais cada dia mais capacitados, e as carreiras públicas não fogem a essa regra. Entendendo essa necessidade do mercado, a Faculdade Processus dá mais um passo em prol da oferta de cursos com altos níveis de conhecimento ao virar o Centro Universitário Processus (UniProcessus), credenciado pelo Ministério da Educação (MEC).

“Em meados de 2000, começamos a observar que os alunos chegavam sem preparo para seguir carreiras públicas. Diante disso, resolvemos abrir a faculdade, o que resultou em um caminho natural para Centro Universitário, que nos dá mais autonomia para criação de cursos de mestrado e de pós-graduação, por exemplo”, destaca Claudine Fernandes, reitora do UniProcessus.

Para o atual momento, a instituição apresenta uma nova logomarca cujo objetivo é mostrar a continuidade nos estudos, a referência da marca original, a seriedade, a modernidade, a tradição, a empresa familiar e o contato próximo entre alunos, reitoria, professores e coordenação.

“Trazemos o capelo na logo para remeter à antiga marca. A setinha (forward), por sua vez,  representa a aceleração e continuidade, por causa do nosso plano de formação de carreira e a tendência em continuar estudando. Aqui, a nossa graduação é diferenciada, porque o aluno que estuda aqui também se prepara para concurso público simultaneamente. Além disso, damos certificação para alunos a cada semestre na maioria dos cursos, que é reconhecida pela CBO.”

Claudine Fernandes, reitora do UniProcessus

Nova logo do Centro Universitário Processus

Presente em Brasília há mais de três décadas e fundado pelo professor Jaci Fernandes, a instituição foi criada em 1991 como um curso preparatório para concurso, exclusivo para magistratura e Ministério Público. No decorrer dos anos, ela foi crescendo, fato que ocasionou na abertura da preparação para certames em várias áreas, além do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Ao virar faculdade, a instituição trouxe a excelência nos preparatórios para dentro do meio acadêmico. Emanuel Fernandes Monteiro de Almeida, de 22 anos, foi um dos estudantes que aproveitou essa oportunidade. “Desde que entrei na faculdade, já tinha a pretensão de seguir carreira pública. E escolhi o UniProcessus justamente porque o direcionamento é muito bom, além de que os professores são bem voltados para concursos sem o jargão acadêmico comum”, destaca ele, que atualmente é servidor do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e antes foi aprovado em mais de 10 concursos.

Os estudantes também têm a oportunidade de optar pela dupla diplomação, que permite a eles conquistarem duas graduações no período em que se formariam em uma. “Na matriz curricular do curso de Secretariado que dura dois anos, por exemplo, o aluno pode aproveitar as matérias e, com mais três anos, pode se formar em Direito. O mesmo ocorre com a formação em Gestão Financeira, que tem a duração de dois anos, ou seja, com mais dois, pode-se conquistar o diploma de Ciências Contábeis”, explica a reitora.

Graduada em Direito pela Faculdade Processus, Andrea Anholete ingressou na instituição em 2006, quando assistiu uma aula ministrada pelo professor Jaci Fernandes. “Estimulada com essa ideia, assisti a aula e fiquei extremamente feliz ao observar o amor e o comprometimento do docente. Dessa forma, tive certeza de que ali se iniciava um caminho de sucesso, de aprendizagem e de crescimento”, lembra ela, comemorando a aprovação da filha Isabel Anholete na OAB antes mesmo de concluir o curso de Direito na mesma instituição. 

História

Em 1991, o professor Jaci Fernandes de Araújo junto à esposa, Maria José Fernandes, e os  filhos fundou a Faculdade Processus. Na época, o curso conhecido como o “curso do professor Jaci” foi o primeiro passo para proporcionar uma preparação de qualidade a quem desejava se tornar um servidor público. Na primeira aula ministrada, o docente teve a presença de apenas três alunos, dois deles convidados por ele mesmo.

Contudo, como resultado da dedicação, nos anos 1990 e 2000, concurseiros de todas as partes do Brasil vieram para a capital se preparar intensivamente para provas de juízes, promotores e procuradores, e, hoje, eles fazem parte do Poder Judiciário.

O curso preparatório para OAB começou a ser ofertado em 1999 com o objetivo de suprir as deficiências identificadas na formação acadêmica de bacharéis em Direito, que encontravam dificuldades para serem aprovados no exame da Ordem.

Em 2006, o curso de Direito começou a funcionar na Faculdade Processus e recebeu selos de qualidade e nota máxima na avaliação do MEC. 

Meados de 2018, o professor Jaci foi agraciado pela Câmara Legislativa do Distrito Federal com o título de Cidadão Honorário de Brasília. Ele falecera em 2019. Mas o legado dele segue firme sob a gestão da esposa Maria José Fernandes de Araújo, e dos filhos Claudine Fernandes de Araújo, reitora, e do pro-reitor financeiro Fernando Fernandes de Araújo. Hoje, como Centro Universitário, o UniProcessus tem cursos, além do Direito, nas áreas de Gestão, Finanças e Sistemas de Informação, mantendo o curso preparatório para concursos.

Centro Universitário Processus (UniProcessus)

Asa Sul
SEPS 708/907 – Módulo D
(61) 3442-5300

Águas Claras
Avenida das Araucárias 4400
(61) 3562-6343

SiteFacebook | Instagram