Raízen abre mais de 500 vagas para programa de talentos no Brasil

As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de setembro no site da empresa

atualizado 21/08/2019 22:19

Reprodução/Facebook

Estão abertas as inscrições para o Programa Talentos Raízen. Nesta edição, o projeto incorpora quatro iniciativas diferentes: estágio, trainee, estágio de verão e aprendiz. Ao todo, são mais de 500 vagas disponíveis. Os interessados devem se inscrever, pelo site da empresa, até 9 de setembro. O processo seletivo inclui testes on-line, dinâmica de grupo e entrevista final.

As oportunidades estão disponíveis em diversas áreas da empresa, como produção de etanol, açúcar e bioenergia, logística, distribuição de combustíveis, trading, área comercial, recursos humanos, jurídico, finanças, marketing e tecnologia da informação.

Além da remuneração, os aprovados terão, entre outros benefícios, férias remuneradas, auxílio transporte, vale-refeição ou refeitório no local, seguro de vida e assistência médica. O processo é aberto a todas as áreas de formação e para jovens do país inteiro.

Para concorrer a uma vaga de estágio, os estudantes devem estar cursando o penúltimo e último ano da graduação e precisam ter disponibilidade de estagiar por, no mínimo, um ano. A remuneração é de R$ 1.417,50 para alunos do penúltimo ano, e R$ 1.517,50 para os do último ano. A carga horária é de 30 horas semanais.

Valores

Os interessados em fazer trainee devem ter concluído o ensino superior até dezembro de 2017. Ao todo, são 25 vagas disponíveis, para atuação ao longo de 18 meses em diferentes projetos na Raízen. A remuneração mensal é R$ 7.000.

Já o estágio de verão é para estudantes de todos os cursos, que estão entre o primeiro e penúltimo ano da faculdade. A bolsa, assim como do estágio normal, é de R$ 1.417,50 por mês.

Para os que querem ser aprendizes, as oportunidades são destinadas a jovens que estejam cursando ou que já finalizaram o ensino médio ou técnico, sem registro anterior como aprendiz, e que tenham disponibilidade para fazer até 8 horas/dia (40 horas semanais), entre capacitação teórica e prática. A remuneração parte do valor de R$ 4,02 por hora, variando de acordo com o previsto no acordo coletivo de cada localidade de trabalho.

Últimas notícias