Confira as dicas de última hora para o concurso da Sefaz

Provas acontecem no próximo domingo e no dia 12 de abril. Ainda há tempo para melhorar o desempenho

atualizado 29/01/2020 17:28

HBR/DIVULGAÇÃO

O concurso para a Secretaria de Fazenda do Distrito Federal (Sefaz-DF) terá provas discursivas no próximo domingo (02/02/2020). Depois, no dia 12 de abril, ocorre a avaliação discursiva.

Um dos certames mais esperados do ano oferece um total de 120 vagas, sendo 40 para chamada imediata e 80 referentes à formação de cadastro reserva.

As vagas são destinadas ao provimento do cargo de auditor fiscal da Receita na carreira da auditoria tributária do GDF. O salário inicial é de R$ 14.970 e pode chegar a R$ 22.196,62.

O professor Aluísio Arruda, coordenador técnico da LS Concursos, preparou algumas dicas para os dias que faltam até as provas. Confira:

Ajuste fino

As duas últimas semanas antes da prova são muito importantes. É nesse período que precisamos fazer a revisão final para consolidar tudo que foi visto nesse período de preparação. É o que chamamos de “ajuste fino”.

Lei seca

É necessária uma revisão completa das disciplinas da prova de conhecimentos específicos, uma vez que as essas duas disciplinas compõem 75% do total de pontos da prova objetiva. É essencial muita leitura da letra da lei na disciplina de legislação tributária, ou seja, leitura da “lei seca”. Nas outras disciplinas de peso 3, é preciso revisão teórica e baterias finais de exercícios.

Exercícios

Já para as disciplinas da prova de conhecimentos gerais, comuns às duas áreas, recomendamos uma revisão baseada em exercícios. Não há tempo para estudar nada de novo e com a revisão final baseada em resolução de exercícios é possível fixar determinados conteúdos apenas lendo os comentários das resoluções das questões. E nas provas sempre há aquelas questões que se repetem de um concurso para o outro, questões muito parecidas com a de certames anteriores.

Local de prova

Na véspera da avaliação, recomendamos que se faça um reconhecimento do local da prova, principalmente para aqueles que são de fora da cidade. O ideal é ficar hospedado em algum hotel perto do local de prova, de preferência afastado de lugares barulhentos, afastado de bares e que o quarto não seja de frente para a rua. Verifique o tempo que leva até o local da prova.

Tempo

No dia da prova, vá com uma estratégia preparada com relação à ordem de resolução das questões, por disciplina, e ao tempo total a ser gasto por disciplina. Na prova objetiva, temos 160 itens para serem resolvidos em 5 horas, o que permite o máximo de um minuto e quarenta segundos por item, sobrando pouco mais de 30 minutos para a marcação do cartão-resposta.

Descanso

Por fim, tente ter uma boa noite de sono. Sabemos que é difícil, a ansiedade é muito grande. Mas procure relaxar, afastar-se de redes sociais e tentar dormir cedo.

Últimas notícias