Só poderia ser aqui: Brasília ganha 1º reality show com concurseiros

O Mansão Concurseira reúne estudantes se preparando para diversos concursos e mostra os esforços que eles fazem para alcançar a aprovação

atualizado 25/05/2021 15:03

reprodução/ Instagram

Cidade dos ipês. O mais belo céu do planeta. Terra de políticos. Capital do Brasil. Há muitas alcunhas que servem para definir Brasília, mas poucas são tão famigeradas quanto o fato dela ser uma ilha de concurseiros. A fama é tanta que servidor público e digital influencer Hercules Macário dos Santos Filho decidiu unir essa paixão brasiliense a uma nacional criando a Mansão Concurseira, primeiro reality show com estudantes do país, que estreou nessa segunda-feira (24/5).

Apesar de inicialmente pitoresca, a ideia se baseia em diversos percalços que essa galera tem enfrentado desde 2020. A pandemia fez com que vários editais e provas fossem suspensos, causando em milhares deles uma frustração pela falta de perspectivas. Além disso, muitos costumavam estudar em ambientes de convívio social, como bibliotecas: mesmo concentrados, estavam rodeados de pessoas com um objetivo em comum, algo que a Covid-19 segue impedindo de acontecer.

“Será mostrado o dia-a-dia de alguém que está se preparando para um concurso público, recebendo a oportunidade de fazer isso em um espaço social de conforto, sendo disponibilizado acompanhamento psicológico, nutricional, auxílio de personal trainer em atividades físicas e serviço de coach para concurso em uma experiência compartilhada digitalmente nas redes sociais de forma interativa, engajada, divertida e, principalmente, motivacional para todos estudantes de uma forma geral e principalmente para aqueles que buscam a tão sonhada nomeação em um cargo público“, explica Hercules.

Ainda que todos sejam concurseiros, os perfis dos participantes não foram escolhidos a esmo. Segundo o idealizador, a ideia foi encontrar aqueles com jeito de influenciador digital, além de misturar focos: haverá um participante que está se preparando, por exemplo, para um concurso na carreira policial, outro participante que estuda para concursos da magistratura, um participante que sonha com o cargo de professor universitário federal, etc.

Para concurseiros e não concurseiros 

Outro diferencial que a atração busca é fazer com que o ambiente não seja, necessariamente, competitivo. Afinal, já basta a pressão que eles sentem para conseguir a aprovação. Dessa forma, a prova de resistência maior segue sendo a que farão no concurso. “Apesar do roteiro de provas competitivas ser bem comum em outros realitys shows, a proposta é que sejam realizadas dinâmicas entre os participantes que não serão necessariamente uma disputa entre eles”, diz Santos Filho. Também não haverá uma premiação tradicional. Para o apresentador do programa, é preciso que os espectadores entendam que o grande prêmio é “poder contribuir para que eles possam estar mais perto de realizar o tão desejado sonho de ser servidor público.

Mesmo envolvendo apenas concurseiros, a ideia não é relegar o programa apenas a eles. Segundo Braga, uma das intenções é fazer com que aqueles que nunca pensaram em estudar para concurso ganharem um estímulo para adentrar nesse universo de apostilas e apreensão. Mas, claro, o foco ainda são os que já estão nessa labuta. “Segundo os últimos dados da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concurso (ANPAC), há mais 10 milhões de concurseiros no Brasil todos os anos. Existe todo um imenso mercado e uma cultura resultante deste mercado que nunca foi abordada sob uma perspectiva do ponto  de vista de representação midiática, cultural e recreativa”, garante ele.

“Para dar visibilidade a essas pessoas que realizam esforços muitas vezes épicos, diante de todas as adversidades, para vencer honestamente na vida através dos estudos, acreditamos ser válido e justo mostrar um pouco dessa realidade de muitos brasileiros. São milhares e milhares de histórias de superação, luta, perseverança e conquista, resultando na alegria insuperável de realizar um sonho. E nesse sonho de ser ‘servidor público’ queremos fazer o mesmo: servir ao público essas histórias de superação, com uma abordagem leve, recreativa e motivacional para todas as pessoas”, finaliza. o, com uma abordagem leve, recreativa e motivacional para todas as pessoas”, finaliza.

Mais lidas
Últimas notícias