Concurso da Sedestmidh está com inscrições abertas até dia 24/1

São 314 vagas e formação de cadastro reserva com 1.570 postos. Salários chegam a R$ 3,5 mil

iStock/Foto ilustrativaiStock/Foto ilustrativa

atualizado 10/01/2019 10:45

O concurso da Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh) está com inscrições abertas até 24 de janeiro de 2019 para os interessados em uma das 314 vagas. O certame inclui, ainda, formação de cadastro reserva com 1.570 postos.

Os candidatos devem acessar a página do Instituto Brasil de Educação (Ibrae) para participar do certame. A taxa de inscrição é de R$ 115 para especialistas e R$ 85 para técnicos.

As oportunidades de nível médio são divididas em 102 vagas para o cargo de técnico em assistência social. Para agente social, são mais 600. E para cuidador social, 60. A remuneração inicial é de R$ 2.600, com carga horária de 30 horas semanais.

Para os candidatos de nível superior, as oportunidades são divididas conforme os quadros abaixo. A remuneração inicial é de R$ 3.599,70, com carga horária de 30 horas semanais.

Provas e inscrições
O concurso será composto de provas objetivas, redação (para nível superior), avaliação psicológica e análise da vida pregressa. Todas as fases serão realizadas em Brasília.

As provas objetivas estão marcadas para 24 de março de 2019. Serão cobrados conhecimentos em língua portuguesa, atualidades, direito constitucional, direito administrativo e conhecimentos específicos do cargo.

Se você ainda tem alguma dúvida, o Metrópoles lista cinco motivos para convencê-lo a fazer o concurso. Confira:

1º – Número de vagas: os quatro editais englobam 1.884 vagas, sendo que 314 delas são para contratação imediata.

2º – Carga horária: todos os cargos possuem carga horária de 30 horas semanais.

3º – Oportunidade: o último edital de seleção para a secretaria foi lançado há 10 anos. O intervalo de tempo de um concurso para o outro aumenta a expectativa da quantidade de pessoas que serão chamadas. 

4º – Data das provas: as avaliações objetivas do concurso serão aplicadas em março de 2019. Com isso, os estudantes têm mais de 90 dias para se prepararem.

5º – Matérias básicas: o conteúdo programático da parte básica de todos os cargos está bastante enxuto em comparação a outros concursos. Disciplinas temidas pelos concurseiros, como raciocínio lógico e matemática, não serão cobradas.

Últimas notícias