Concurseiros: cinco medidas a serem tomadas antes de 2020 chegar

Redução do ritmo de estudo e mudança de prioridades podem ser proveitosas para atividades adiadas o ano todo

atualizado 02/01/2020 18:59

Independentemente do dia da semana, feriado de Natal tem sempre cara de domingo preguiçoso em família. Tudo fica mais lento, fora do ritmo rotineiro e, para alguns concurseiros que ainda brigam consigo mesmo, há um sentimento de culpa por achar que deveria estar fazendo alguma coisa.

Esses dias atípicos são bons para lembrar que a preparação não se limita ao estudo propriamente dito. Tudo o que se refere ao bem-estar, planejamento de vida e organização entram no rol de relevância. A concentração e o foco ficam mais fragilizados nos dias comemorativos, portanto, ser flexível e adaptar as atividades ao barulho e à movimentação da casa é o mais recomendado.

Somado a esse contexto está o clima de renovação. Um ano acabando e outro começando. As reflexões adiadas ao longo do cotidiano frenético dos últimos meses são inevitáveis. As arrumações para renovar as energias também estão em pauta. Agora, só falta mesmo um roteiro para aproveitar esse momento.

Faltava! A coluna Vaga Garantida selecionar algumas atividades totalmente propícias para a semana de despedida de 2019. A partir dessa lista, que pode ser realizada em qualquer sequência, o ano novo será recebido com outra perspectiva.

1 – Autoavaliação da preparação em 2019

Parar para pensar sobre como foi a preparação ao longo de 2019 é um processo de autoavaliação que poucos fazem e que têm efeitos muito positivos. Algumas perguntas ajudam a direcionar a reflexão e respondê-las por escrito é cria um registro mais consciente e consistente do que foi ou não realizado.

Responda a perguntas como: “o que foi feito a favor da minha preparação?”; “o que foi feito contra?”; “o que eu poderia ter feito diferente?”; “o que escolho fazer diferente daqui por diante? Minhas novas escolhas são possíveis, como?”.

Inúmeros podem ser os questionamentos. O principal objetivo é aumentar a clareza sobre as escolhas e as ações para selecionar melhor como agir daqui por diante.

2 – Organizar o ambiente de estudo

Com a correria diária há pouco tempo – e disposição – para limpar gavetas e armários. Agora é um bom momento. Verificar canetas que não funcionam mais, papéis que não são mais úteis, tudo pode ser jogado fora. Conferir a validade dos materiais impressos também é recomendado, além de organizar as pastas.

3 – Digitalizar cadernos e anotações

Todas as anotações feitas em cadernos ou folhas soltas precisam ser digitalizados como forma de backup. Aplicativos de celular ajudam a transformar imagens em PDFs, que podem ser salvos em porta arquivos online. A medida resguarda o material e facilita encontrar se for preciso no futuro.

4 – Fazer limpa no computador, tablet e celular

O uso contínuo do computador faz com que o sistema possa ficar lento. Além de fazer backup, é um bom momento para limpar arquivos temporários, duplicados, desinstalar programas desnecessários e, se necessário, formatar o computador. De igual maneira, a faxina deve ser feita no tablet e no celular. Quando tudo está funcionando bem, o estudo rende mais.

5 – Faxinar caixa de e-mail e contas das redes sociais

O clima de renovação ajuda na difícil decisão de sair daquele grupo de WhatsApp que nada acrescenta, apagar cadastros de listas de e-mail, deixar de acompanhar alguns perfis de redes sociais. Não precisa de uma explicação, basta responder à pergunta: “isso me faz bem?”, “isso me ajuda nos meus objetivos?”. Se a resposta for não, é hora de se despedir.
Com essas atividades, a sensação de conforto aumenta e a de culpa perde efeito. Começar o ano com tudo no lugar reforça o ânimo e a motivação para a jornada de estudos do ano que está para começar.

Últimas notícias