Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Sentadona: por que a posição sexual desperta tanto tesão?

Conheça os motivos da sentada ser tão excitante e atraente aos brasileiros

atualizado 08/04/2022 19:25

mulher deitada sobre homem na cama Foto: Unsplash

Aclamada pelos cantores de funk, queridinha dos praticantes de sexo, excitante para grande parte das pessoas, a famosa sentada desperta o tesão e é gozada certa quando se trata de sexo. 

Letras de músicas de sucesso de cantoras como Ludmilla, Pabllo Vittar, Anitta e Luísa Sonza, sempre remetem a formas de sentadas fatais, fazendo alusão à posição sexual.

O lançamento recente da cantora Luísa Sonza, intitulado SentaDona, traz trechos que demonstram o poder de uma sentada:

“Onde eu quico, onde eu sento, eles me pedem em casamento. O coração da mãe é grande, eu não tô perdendo tempo. Sentadona, sentadona, sentadona. Fala que é sem sentimento, mas quando eu sento, apaixona”, canta Luísa.

Mas será que existe explicação para esse fetiche na posição? Quem responde é o psicólogo sexual Marcos Santos, da Plataforma Sexo sem Dúvida.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

 

Sentou, apaixonou

O especialista ressalta que existem explicações históricas e instintivas para o fato dessa postura despertar tamanho tesão.

“O manual do Kama Sutra apresenta mais de 80 variações da posição que acostumamos chamar de sentada, seja de frente ou de costas. Existem, então, múltiplos fatores que despertam percepções e sensações diferentes nas pessoas, diversas culturas e diferentes épocas. A imagem de uma mulher sentada sobre a parceria, em qualquer variação, traz à tona uma posição de dominância”, explica.

Além disso, a imagem remete a alguns fetiches como submissão e dominação dos envolvidos. 

Prazer para quem senta e quem está por baixo

Visualmente atrativa, excitante e atraente, a posição ainda permite despertar mais prazer a dois. Isso porque a mulher por cima fica anatomicamente favorecida:

“Qualquer posição sexual na qual a mulher ficar por cima do par, no geral sentada, como dominadora durante o sexo, será reconhecida como facilitadora do orgasmo feminino, e a parceria que está embaixo poder usar mais as mãos para tocar o corpo da mulher”, explica Marcos.

Além disso, na sentada, a mulher controla a velocidade, ângulo e intensidade e, por isso, fica mais fácil manter o ritmo.

“A vulva e o clitóris também ficam facilmente acessíveis e a maioria das mulheres acha que a relação fica muito melhor quando, além da penetração, também tem essa região do corpo estimulada”, finaliza.

Mais lidas
Últimas notícias