Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Conchinha gostosa: 3 posições para quem tem preguiça na hora “H”

Especialistas dão dicas de posições para quem tem preguiça no sexo

atualizado 20/08/2021 12:46

Getty

Sabe aqueles dias de muito tesão, mas muita preguiça? Atire a primeira pedra quem já não deixou de transar porque a preguiça falou mais alto. Todos passam por aquele momento em que o cansaço toma conta. Mas, não vale deixar de gozar por conta disso. Afinal, é possível ter prazer sem fazer grandes esforços e malabarismos.

Sabemos que uma boa variação do Kama Sutra e uma noite cheia de surpresas tem seu valor, mas também é possível encontrar (muito) prazer no básico.  

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

De acordo com a consultora em sexualidade, Tatiana Araújo, mesmo as posições taxadas de preguiçosas, ganham um toque especial quando os envolvidos estão excitados.  “Se o desejo estiver bem trabalhado e alimentado, mesmo na correria, a relação vai ser prazerosa, a satisfação sexual surge, dependendo dos estímulos iniciais que são dados”, esclarece.

Então, continue no sofá (chame sua parceria) e confira as dicas.

A campeã dos preguiçosos

Quando se fala em pouco esforço, a postura papai e mamãe é a campeã dos preguiçosos. Seja ela turbinada, conhecida como alinhamento coital, quando o parceiro ativo fica por cima, seja o clássico: “Os dois já estão encaixados, o mínimo de movimento já dá início ao sexo. É a favorita dos mais preguiçosos”, informa o urologista e sexólogo Danilo Galante.

Conchinha ou ladinho

A sexóloga Gabriela Dias dá a dica para uma postura gostosa que é gozada certa: “De ladinho. Coloque a cabeça do pênis na entrada da vagina, encostando pertinho do clitóris. É uma posição que facilita muito na penetração”, orienta. E aproveitando que a pessoa já está de ladinho, pode virar de costas para a conchinha. Com os dois deitados é garantia de sucesso: “Ela favorece a penetração mais profunda”, afirma.

O mergulho

Tatiana Araújo lembra que a posição chamada de mergulho vai deixar a pessoa passiva que está deitada bem relaxada: “A parceria que fica embaixo, deitada de barriga para cima, abre as pernas em V e as apoia nos ombros do par”, ensina.

Atenção, perigo à vista

Oposto aos preguiçosos, os criativos e ativos, devem tomar alguns cuidados na hora de ousar no sexo. Isso porque algumas posturas podem acabar transformando o momento de prazer em tragédia.

Danilo alerta que ao sair da posição horizontal, ficando sentado ou em pé, a dificuldade já começa a aparecer e consequentemente algum grau de risco: “ As posturas mais perigosas são aquelas que a mulher fica por cima, tanto ajoelhada, quanto em pé em posição de agachamento. Isso porque se o pênis bate errado na porta da vagina, pode acontecer uma microfratura e levar a uma cicatrização defeituosa, chegando a entortar o pênis”, explica.

Outro ponto perigoso está naquelas posturas mais selvagens e movimentos mais rápidos.  E não se engane pensando que é preciso virar de ponta cabeça para ter riscos: “Até mesmo na posição da pessoa sentada por cima com os dois pés na cama, corre um certo risco de o pênis bater na coxa e causar uma fratura”, alerta o sexólogo.

Posturas mais ousadas

Antes de tentar posturas como aquelas que exigem um alto condicionamento físico, é preciso pensar se seu corpo se adequa aquele tipo de posição. A sexóloga Gabriela Dias alerta que antes de pesquisar no Kama Sutra, vale saber que algumas posturas oferecem riscos: “Determinadas posições não são compatíveis com a vida real e podem oferecer risco aos dois”, esclarece. A primeira dica é conversar com o par e propor a posição inovadora antes de tentar: “O casal deve estar em sintonia para testar”.

Os prejuízos vão desde lesões na coluna, microfraturas e câimbras. Por fim, quando pensar em inovar vale repensar seu condicionamento e certificar que o local é apropriado para que a noite prazerosa não acabe em estrago.

Mais lidas
Últimas notícias