Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Como mostrar que quer sexo? Veja táticas mais usadas por homens e mulheres

Sexólogo explica que, devido à construção social do que é "adequado", homens e mulheres têm diferentes repertórios para iniciação sexual

atualizado 01/12/2020 10:32

Como pedir sexoFoto: Jerome Tisne/Getty Images

Ainda que possa parecer algo instintivo ou mesmo subentendido, muitas pessoas ainda têm dúvida sobre como iniciar o sexo. Ao contrário do que se pode pensar, a abordagem sexual é uma questão não só em encontros casuais, mas até mesmo para casais de longa data.

Cada pessoa tem um repertório diferente no que diz respeito à iniciação do comportamento sexual – há quem prefira dar sinais sutis, como carícias e beijos mais sugestivos, e quem goste de convites mais diretos.

De acordo com uma pesquisa, isso varia não só de pessoa para pessoa, mas também de um gênero para o outro (quando se considera o gênero de forma binária). Ou seja, de uma forma geral, homens tendem a ter formas diferentes de “pedir sexo” do que mulheres.

O site de encontros Illicit Encounters fez um levantamento com dois mil de seus usuários para perguntar como cada um deles começava o sexo e divulgou um compilado das 10 respostas mais comuns para cada gênero:

Mulheres

  1. Beijo demorado e sorriso sugestivo
  2. “Vamos fazer amor?”
  3. Vestir lingeries provocantes
  4. Mandar para o(a) parceiro(a) fotos sensuais
  5. Deslizar a mão até a barriga do homem
  6. Tirar a roupa na frente do(a) parceiro(a)
  7. Ir deitar pelada, sendo que normalmente usa pijama
  8. Configurar o alarme para sexo matinal
  9. Noite romântica
  10. Café da manhã na cama

Homens

  1. “Uma rapidinha?”
  2. Acariciar o corpo do(a) parceiro(a) na cama
  3. Marcar sexo com “dirty talking” no início do dia
  4. Noite romântica – refeição com vinho ou champanhe
  5. Sussurrar “eu quero você” no ouvido do(a) parceiro(a)
  6. Preparar um banho para a parceria
  7. Um beijo longo e demorado
  8. Tirar a roupa na frente do(a) parceiro(a)
  9. Café da manhã na cama
  10. Dar uma palmada de brincadeira
Construção social

Segundo o terapeuta sexual Andre Almeida, a diferença de repertórios entre homens e mulheres muito se deve à diferenciação do que se é ensinado para cada um deles sobre o que é adequado no sexo.

“Geralmente para o homem espera-se uma postura mais ativa, mais de dominação, muito mais responsável pelo sexo. Enquanto da mulher espera-se mais passividade. Isso é ensinado”, explica.

Contudo, o psicólogo afirma que independente de gênero ou orientação sexual, não existe certo ou errado no que diz respeito à abordagem sexual. “Existe o que é adequado para cada indivíduo”, diz.

Ou seja, é essencial que no relacionamento os limites de cada um sejam respeitados. Desde que haja consentimento de todas as partes e conhecimento prévio do que o outro gosta, vale tudo.

“Desde começar com beijos calientes, até mandar mensagens, marcar um sexo, falar ‘vamos transar’, utilizar dirty talking, palavrinhas mais sujas… tudo vale, desde que no limite do outro”, afirma.

Mas fica a dica: tratando-se de um relacionamento novo, em que os limites ainda não estão claros, a sutileza é sempre a melhor opção em um primeiro momento. “Nesse caso é melhor apostar em carícias, deixar as coisas serem levadas pelo beijo, falar mais suavemente. Se a pessoa tem determinados limites e você os ultrapassa, ela pode reagir mal”, finaliza.

Últimas notícias