Celebridades, subcelebridades e tudo sobre televisão de maneira ácida e divertida.

Sem beijo gay, Minha Mãe é uma Peça tem discurso contra homofobia

Autor e protagonista da comédia, Paulo Gustavo, foi criticado pela falta da cena homoafetiva

atualizado 12/12/2019 11:36

No dia 26 deste mês, o filme Minha Mãe é uma Peça 3 estreia nos cinemas. Protagonizado por Dona Hermínia (Paulo Gustavo), o longa terá uma cena de casamento homoafetivo entre Juliano (Rodrigo Pandolfo) e Thiago (Lucas Cordeiro). Mesmo sem um beijo gay, o filme terá um discurso contra a homofobia, trazendo uma mensagem de aceitação por parte de Dona Hermínia.

“Ela disse que não tinha nenhum problema, que o problema é lá fora, com o que as pessoas poderiam fazer comigo. Ela me apoiou e ajudou a ter confiança e coragem. Mas eu sei que, infelizmente, essa não é a realidade de todas as famílias. Obrigado, mãe, por você me ajudar a ser quem eu sou”, discursa o personagem Juliano, emocionado.

0

Vale lembrar, que em setembro, Paulo Gustavo recebeu críticas pelo fato de o filme não ter a cena do beijo. “Eu não retirei a cena do filme porque a cena simplesmente não existe. Não tem. Não é que o Pandolfo beijou outro ator e teve a cena e, depois, eu disse corta e censurei. Eu sou ator e autor deste filme e a cena não estava escrita”, relatou Paulo Gustavo.

O ator e autor do filme ainda continuou sua defesa: “Estão falando ‘ah, tem que ter colocar beijo gay no filme’, mas não, eu não tenho que colocar nada. Não tenho que ser obrigado. O filme não tem nada disso que vocês estão falando. Vocês pegaram uma entrevista do Rodrigo Pandolfo no meio da noite para algum repórter e esse jornalista colocou palavras na minha boca. Não sou um cara preconceituoso”.

Últimas notícias