metropoles.com

Lula exonera general e nomeia ex-secretário de Bolsonaro na Sudene

Governo Lula exonerou general e nomeou ex-secretário da gestão Bolsonaro, ligado a Luciano Bivar, para diretoria da Sudene

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
Lula Sudene
1 de 1 Lula Sudene - Foto: Reprodução

Lula substituiu um general por um ex-secretário do governo Bolsonaro na direção da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

O general da reserva Marcos César de Moraes foi exonerado do cargo de diretor de Administração da Sudene. Ele chegou a ser superintendente substituto do órgão até fevereiro deste ano.

No lugar dele, assume o ex-secretário de Mobilidade e Serviços Urbanos do Ministério do Desenvolvimento Regional do governo Bolsonaro, José Lindoso de Albuquerque Filho.

Até março deste ano, Lindoso ocupava o cargo de secretário parlamentar do deputado Luciano Bivar, também do União Brasil.

No início do mês, Lula ja havia nomeado o ex-deputado do União Brasil, Heitor Freire, para a Diretoria de Gestão de Fundos, Incentivos e de Atração de Investimentos da Sudene.

José Lindoso de Albuquerque Filho é servidor aposentado da Caixa Econômica, onde chegou a ser diretor comercial. Em julho 2019, foi nomeado pelo governo Bolsonaro como ex-secretário nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos. Ele ficou no cargo até outubro do mesmo ano.

Em 2021, foi nomeado presidente do Porto de Recife (PE). Em agosto de 2022, assumiu funções no gabinete de Bivar. Seu salário era de R$ 6.004,43. Na Sudene, Lindoso vai receber R$ 13.623,39 por mês.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comPaulo Cappelli

Você quer ficar por dentro da coluna Paulo Cappelli e receber notificações em tempo real?

Notificações