Bastidores da televisão, notícias da sua novela preferida e entrevistas com os principais atores

Renato Góes grava cenas de Pantanal no aeroporto do Rio de Janeiro

São as sequências de quando o personagem José Leôncio chega à cidade para cobrar uma dívida

atualizado 14/01/2022 17:04

Globo/Reprodução

Antes de viajarem para o Pantanal, a equipe da próxima novela das nove gravou cenas da primeira fase no aeroporto internacional do Rio de Janeiro. São as sequências de quando José Leôncio (Renato Góes) chega à cidade para cobrar uma dívida. É nessa viagem que ele conhece Madeleine (Bruna Linzmeyer) e a trama se desenrola.

“José Leôncio é um cara muito reto, muito honesto, mas que tem uma justiça muito peculiar. Tem um senso de justiça dentro das coisas que ele acredita. Inicialmente, tem mais falhas grosseiras do que grandes qualidades de homem. Mas desde sempre tem uma honestidade e retidão que é muito admirável. Há nele outras coisas da fantasia, da fábula, do herói, mas o que mais me atrai no Zé Leôncio são seus defeitos, o fato de não fugir deles, de encará-los”, comenta Renato Góes sobre o personagem que interpreta na nova versão de Pantanal, escrita por Bruno Luperi, com direção artística de Rogério Gomes.

0

Perfi do personagem

Criado no lombo do cavalo de seu pai, Joventino (Irandhir Santos), cortando em comitiva os interiores deste país, José Leôncio conhece a vida e é talhado para ela em meio à peonada, simples e bronca, apartado de uma figura feminina desde a morte muito precoce da mãe. O que a vida furta a ele em carinhos, o pai compensa em valores. Após o desaparecimento de Joventino, José Leôncio (Renato Góes/ Marcos Palmeira) carrega essa dor em ferida aberta a vida inteira. Pai de Jove (Jesuíta Barbosa), Tadeu (José Loreto) e José Lucas de Nada (Irandhir Santos), carrega, além de suas amarguras, a frustração de nunca ter sido para nenhum dos três filhos o que o velho Joventino foi para ele.

Mais lidas
Últimas notícias