Bastidores da televisão, notícias da sua novela preferida e entrevistas com os principais atores

Aguinaldo Silva avalia Império e anuncia novos trabalhos para breve

Autor de Império, que volta ao ar amanhã, diz que fica muito lisonjeado quando vê suas novelas sendo escolhidas para serem reprisadas

atualizado 11/04/2021 11:06

Aguinaldo SilvaDivulgação/Globo

Em um ano, Aguinaldo Silva volta ao horário nobre da Globo – curiosamente, após ter sido desligado do quadro de atores da emissora. Depois de Fina Estampa ter sido reprisada, Império foi a escolhida para substituir Amor de Mãe na faixa das 9. Nas redes sociais, muitos comentam que, na hora do aperto, o canal, mais uma vez, recorre às obras do escritor, dispensado no fim de 2019.

“Eu me sinto lisonjeado… e feliz. Mas não acho que a novela pertence a quem a escreve. Ela é de quem a produz. Nesse caso, a produtora e, portanto, a dona da novela é a Rede Globo. E assim ela pode repetir Império e qualquer outra das minhas quinze novelas quantas vezes quiser. Eu ficarei sempre feliz por isso”, diz Aguinaldo.

Autor de muitas novelas que se tornaram populares e com altos índices de audiência, o autor arrisca palpitar qual é o segredo do sucesso de suas novelas: “Acho que é porque elas, de um modo ou de outro, tratam sempre de um tema básico e muito caro ao telespectador: as questões de família. Sou daqueles que acreditam que a família é a base de tudo, sem ela viveríamos no caos. Procuro mostrar isso no meu trabalho de um modo muito claro e o telespectador sempre entende onde estou querendo chegar”.

0

Império coloca para o telespectador a pergunta: “Vale a pena fazer qualquer coisa para subir na vida?”. “O comendador achou que sim. E, quando chegou lá, descobriu que isso não era suficiente para que ele se sentisse feliz. Mas a trama não mostra isso como se fosse uma tese a ser provada, mas explora os elementos da ficção. “Eu sou um contador de histórias e sinto muito orgulho disso. Acima de tudo vem a história, as tramas; e só depois vem o que pretendo mostrar através delas”.

Na época de Império, Drica Moraes precisou se afastar das gravações por uma questão de saúde e Aguinaldo ousou ao chamar Marjorie Estiano, que interpretou Cora na fase jovem, para voltar à trama. A explicação para a vilã ter mudado o visual? Ela tomou um elixir da juventude. A ideia foi bastante criticada por alguns, mas depois a troca acabou caindo no gosto popular.

“Eu não mudaria nada. A troca de Drica Moraes por Marjorie Estiano, que poderia ter provocado um desastre na novela, deu supercerto. Mas eu só fiz isso porque não tinha outra alternativa, já que a primeira atriz, por motivos de saúde, não poderia continuar gravando a novela”, reflete.

Autor de muitos sucessos, Aguinaldo garante que, em breve, vai voltar ao ar: “O que manteve minha saúde mental durante a pandemia foi justamente isso: os novos trabalhos. Trabalhei sem parar. Assim, tenho vários projetos encaminhados ou já em discussão com algumas produtoras. Quando pudermos produzir outra vez… se Deus assim o permitir, terei novos projetos no ar de novo”.

Últimas notícias