Marcas, ideias e pessoas que impactam no mundo da comunicação

Qual a melhor estratégia de marketing para alavancar os negócios?

Unificação dos métodos tradicional e digital é tendência no setor, avalia Tatiana Garcia, publicitária e CEO da Lille Comunicação

atualizado 24/06/2022 17:45

Busakorn Pongparnit/GettyImages

Em um mundo globalizado e cada vez mais digital e competitivo, as tendências de mercado e o comportamento do consumidor seguem em constante mudança e transformação. Com a ascensão e a multipolaridade da internet e das tecnologias, as mídias digitais vêm se transformando em eficientes vitrines para divulgação de produtos e serviços, além de uma poderosa ferramenta de comunicação entre marcas e o seu público.

Segundo o relatório “State of Mobile 2022”, divulgado pela APP Annie, os brasileiros passam cerca de cinco horas por dia à frente dos dispositivos móveis, o que representa um crescimento de 30% maior comparado a 2019, antes da pandemia da Covid-19. Nesse sentido, os tradicionais panfletos em papel e propagandas pagas na TV, rádio e veículos impressos deram lugar aos anúncios on-line e parcerias com influenciadores digitais na divulgação e comunicação com o público.

A pandemia acelerou a digitalização das empresas, que se viram forçadas a ingressar no meio digital como única forma de se manterem ativas durante o período de isolamento social, estimulando, ainda mais, os hábitos de consumo on-line.

No atual momento mercadológico, onde tudo precisa ser rápido e dinâmico, o marketing digital vem ganhando cada vez mais destaque e investimento dentro das organizações. Estima-se, de acordo com a Pesquisa Maturidade do Marketing Digital e Vendas no Brasil – iniciativa da Resultados Digitais, Rock Content, Mundo Marketing e Vendas B2B -, que 94% das empresas apostam no marketing digital como estratégia de crescimento. Porém, entre as 1000 equipes ouvidas no estudo, 62% reconhecem que suas estratégias digitais precisam de melhorias.

Com investimentos para todos os bolsos, o marketing digital vem sendo a estratégia mais procurada pelas marcas. Dos microempreendedores a grandes nomes do mercado, a presença nas mídias sociais vem se tornando peça fundamental na comunicação das organizações para com o seu público final.

Com o marketing digital, é possível testar anúncios e estratégias, mensurar resultados em tempo real, além de segmentar o público-alvo que deve consumir as propagandas e conteúdos, personalizando, ainda mais, a experiência de compra do cliente e o direcionamento de vendas. Segundo o estudo Digital 2022: Global Overview Report, publicado pelo Datafolha, cerca de 63% da população mundial acessa a internet, somando mais de 12,5 trilhões de horas on-line no mundo.

Porém, com a tecnologia e a competitividade protagonizando o mercado, ainda que o marketing digital seja fundamental para a comercialização e comunicação das organizações na internet, as empresas precisam ir além do universo on-line para se destacarem. Segundo a pesquisa Global Consumer Pulse, da Accenture Strategy, que identifica as principais tendências e comportamentos, 83% dos consumidores brasileiros preferem comprar de marcas que defendem propósitos aliados aos seus valores de vida. Ou seja, é preciso agregar valor e posicionamento à empresa, por meio de uma construção de marca bem estruturada e personalizada, princípios do chamado marketing tradicional.

Fundamentos como opinião, posicionamento, missão, essência, crenças e valores são qualidades que não podem ser copiadas ou reproduzidas, diferentemente dos produtos e publicidade, que são facilmente replicados. Com isso, essas particularidades podem se tornar poderosos diferenciais competitivos, favorecendo e diferenciando a empresa perante o mercado e os clientes.

Antes de criar e investir em estratégias de vendas e divulgação on-line, é preciso compreender o maior número de informações possíveis sobre o cenário da empresa e o mercado que a cerca, visando estabelecer estratégias e ações eficazes para com o objetivo da organização. Ter o conhecimento das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do negócio, bem como informações da concorrência e dos potenciais clientes, é fundamental para que o negócio consiga se manter firme no mercado.

Com papéis diferentes dentro de uma organização, o marketing tradicional e o digital devem ser aplicados como estratégia conjunta pelas empresas, que visam reconhecimento e estabilidade. Para que as organizações obtenham sucesso com seus anúncios e divulgações nas plataformas digitais, antes, é preciso construir uma marca sólida e bem-posicionada, que consiga se comunicar com seus clientes, bem como agregar valor aos seus produtos e serviços.

Dessa maneira, a empresa evita futuros prejuízos com investimentos sem retorno e se torna capaz de traçar estratégias e ações eficazes e condizentes aos seus valores e objetivos, acompanhando as tendências do comportamento de compra dos clientes e fortalecendo sua presença no mercado.

Com MBA em Neurociência aplicada ao marketing, Tatiana Garcia é CEO da Lille Comunicação.

Mais lidas
Últimas notícias