Marcas, ideias e pessoas que impactam no mundo da comunicação

2022 e os novos rumos do investimento em marketing

Na era da digitalização, a área se tornou parte fundamental da estratégia de qualquer marca, avalia Leonardo Stival, da OUTMarketing Brasil

atualizado 20/04/2022 16:56

Busakorn Pongparnit/GettyImages

Não há novidade alguma em dizer que a transformação digital já é uma realidade no mercado – e o cenário não é diferente no marketing. Contudo, o panorama mais recente traz mudanças ainda mais específicas no setor, sobretudo no que diz respeito à forma como os recursos são aplicados.

O ponto é que, já em 2021, o mercado enxergou a necessidade de aumentar os investimentos no marketing. Em um mundo marcado pela necessidade do isolamento social e do trabalho remoto, fortalecer a imagem da empresa (e dos seus produtos e serviços) no mundo virtual tornou- se praticamente uma questão de sobrevivência.

A OUTMarketing é um bom exemplo disso: em 2021, atingiu um faturamento de R$ 2,9 milhões. Isso significa um aumento de 52% da nossa receita se comparado ao ano anterior.

E o que isso nos diz sobre o momento atual do marketing no Brasil e no mundo? Para entender a questão, vejamos o que dizem os números do setor. Uma pesquisa da Hotsuite, por exemplo, aponta que 83% dos profissionais de marketing confiam na quantificação do retorno sobre o investimento (ROI) de seus esforços em redes sociais.

Em outras palavras, é visível que o fortalecimento do marketing digital traz resultados financeiros tangíveis. A mesma pesquisa aponta ainda que:

  • 55% da estratégia de publicidade em redes sociais estava totalmente integrada com outras atividades de marketing;
  • 40% dos profissionais de marketing consideram o LinkedIn estratégico para alcançar os resultados;
  • 29% das organizações já realizam alguma forma de atendimento ao consumidor no departamento de marketing ou vendas.

Em suma, temos uma gestão de redes sociais integrada ao marketing, um foco maior nesse canal e uma valorização da cultura de customer centric. Em contrapartida, há uma dificuldade para elaborar uma estratégia realmente eficiente.

O ponto é que o momento é de investir, mas todo orçamento tem um limite. O que 2022 nos mostra, então, é uma tendência ao direcionamento mais estratégico dos recursos, principalmente para as redes sociais.

É o que diz, por exemplo, a pesquisa de gastos do CMO, da Gartner (The State of marketing Budgets 2021). No ano em questão, as receitas foram as menores já registradas; ainda assim, mais da metade (51,4%) dos profissionais de marketing pesquisados disseram planejar aumentar os gastos em 2022.

O impacto nos negócios pode ser significativo, sobretudo em setores como o de tecnologia com foco em soluções B2B. Na era da digitalização dos negócios, o marketing se tornou parte fundamental da estratégia de qualquer empresa. Na prática, é crucial que a equipe seja integrada à de vendas.

Com um bom planejamento, podemos executar uma estratégia que vai além do fortalecimento da marca. Por meio do marketing de conteúdo, por exemplo, conseguimos atrair um público engajado para consumir os produtos e serviços oferecidos por nossas empresas.

Outro aspecto importante é a alocação inteligente desses recursos. O conceito de Buyer’s Persona, por exemplo, nos ajuda a identificar o perfil e os hábitos dos diferentes consumidores de nossos produtos e serviços.

A partir disso, as ações publicitárias, o atendimento e o próprio pós-venda atuam de maneira personalizada. O marketing se torna uma ferramenta valiosa para atrair, captar e fidelizar clientes.

O aumento no investimento também permite traçar novas estratégias para prospectar em tempos de um momento de forte concorrência. É importante ter em mente que, além da crise causada pela pandemia, as empresas estão mais maduras no uso das redes sociais.

Então, o marketing digital se tornou um diferencial para quem quer ter eficiência maior e, com isso, ampliar seu ROI. De forma bem objetiva, a imagem da organização tende a crescer de maneira saudável quando esses investimentos crescem.

Conforme mencionei, o setor de tecnologia com foco em B2B é exemplo disso. Empresas tendem a ser muito mais criteriosas na hora de gastar com soluções, produtos, serviços etc. Logo, é fundamental contar com um marketing que saiba com quem está falando – e como falar.

Os conteúdos produzidos devem apresentar soluções para o que o cliente busca, não apenas um produto específico ou um serviço genérico. É o marketing digital o responsável por mapear essas demandas e entregar uma estratégia personalizada para cada empresa.

Isso nos leva ao ponto inicial do texto: o que nos diz o crescimento acelerado da OUTMarketing? Um primeiro ponto é o aumento no investimento em marketing no setor de tecnologia da informação, mercado no qual a agência se destaca.

Para ir além, temos uma busca crescente por serviços de outsourcing, no qual essas atividades passam a ser de responsabilidade da empresa contratada. Como você pôde perceber ao longo do artigo, um dos grandes desafios é justamente direcionar os recursos de maneira estratégica, sem gastar de forma genérica.

A pesquisa da Hotsuite reforça essa questão. No total, 36% das organizações pretendem melhorar os canais de atendimento no universo digital em 2022, porém não sabem como começar. Um parceiro estratégico como a OUTMarketing, então, representa um aliado valioso para quem deseja ter um retorno maior sobre o investimento no marketing. Estamos falando de uma empresa com presença global e ampla experiência no setor de tecnologia.

Seu crescimento traz consigo uma mensagem muito clara: contar com um especialista pode trazer resultados melhores e com mais tranquilidade do que investindo recursos em uma equipe própria, mas pouco experiente. Afinal, isso envolve não apenas conhecimento sobre marketing, mas também um entendimento sobre a dinâmica específica do mercado de TI B2B.

A dica, então, é não só investir, mas investir onde há uma previsão maior de sucesso. Mesmo que seu time de marketing possa ter a capacidade de gerenciar suas redes sociais, vale a pena colocar os custos na ponta do lápis e comparar os cenários.

Com um especialista assumindo essas tarefas, sua empresa pode conquistar resultados cada vez melhores e ainda buscar uma redução de custos valiosa. Se todo mundo já aprendeu que o mundo virtual é o caminho para fortalecer os negócios, é hora de ser mais eficiente que a concorrência na hora de investir nisso!

Leonardo Stival é pós-graduado em Marketing, Branding e Growth, e atualmente é coordenador de Marketing na OUTMarketing Brasil.

Mais lidas
Últimas notícias