Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

“Vocês estão comprando um produto pirata”, diz Lívia sobre Pétala

Em entrevista a Leo Dias, apresentadora comenta o porquê de não ter empatia pela causa da ex-mulher do namorado

atualizado 28/09/2021 9:39

Lívia Andrade em entrevista a Leo Dias

Em meio à polêmica envolvendo o seu nome desde que assumiu o namoro com o empresário goiano Marcos Araújo, presidente e CEO da Audiomix, a apresentadora Lívia Andrade abriu o jogo em entrevista a Leo Dias, para o canal no YouTube. Entre vários assuntos abordados, ela foi questionada sobre o motivo de não ter empatia pela causa de Pétala Barreiros, ex-mulher de Marcos, que recentemente entrou na Justiça para fazer exame de DNA do filho mais novo. 

Lívia tem sido muito criticada na internet por ser mulher e ter entrado numa briga contra outra mulher, já que deixou claro estar do lado do namorado. “Ninguém cita a mulher que foi traída, que tinha um filho pequeno, que passou por esse processo lá atrás, que foi perseguida pela família”, ressalta a apresentadora, se referindo à primeira mulher de Marcos Araújo.

0

“Essa mulher foi perseguida, essa mulher, sim, foi traída, essa mulher teve a vida abalada, mas não só porque foi traída, porque além da traição, existiu uma perseguição. De ir atrás dela no salão de beleza, de parar o carro na frente em trânsito, de ir em porta de escola, isso ninguém fala, ninguém comenta, não tem sororidade por essa mulher que foi traída lá atrás. Ela foi amante, a família sabia e andava todos juntos causando coisas. Não existe uma vítima, não existe uma inocente”, continua Lívia. 

Para a apresentadora, as pessoas estão se deixando enganar por Pétala. “Ela tem cara de vítima, ela é uma mulher, tem dois filhos… A maternidade não altera caráter de ninguém, não. Caráter não tem gênero. Não é porque é mulher, que é homem. Ou tem ou não tem. E claro, da maneira que ela se expôs, as coisas que ela fala para as pessoas… Vocês estão comprando um produto pirata, daqueles que você leva para a casa e só descobre que é pirata quando dá defeito”, frisou.  

Confira a íntegra da entrevista no YouTube do Metrópoles: 

Últimas notícias