Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Thiaguinho, Ferrugem e Dilsinho: coluna analisa os maiores do pagode

Entenda em que ponto da carreira os maiores nomes do gênero estão neste momento

atualizado 04/08/2022 10:29

O pagode vive um grande momento, desde o surgimento do Menos é Mais, de Brasília, que alcançou sucesso durante as fases mais difíceis da pandemia de Covid no Brasil. E isto parece que deu um gás ao estilo musical.

Na atualidade, os três maiores cantores do gênero, nesta ordem, são: Thiaguinho, Ferrugem e Dilsinho. A coluna LeoDias resolveu, então, analisar a carreira e o momento de cada um. Preparados? 

Thiaguinho

Thiaguinho é o número 1 por vários motivos. Dedicado, muito profissional, ainda mais carismático. Durante a vida, o artista emplacou muitos hits e virou a sensação dos ricos e famosos. Criou o Tardezinha, que atendia à classe A, e o projeto se tornou algo que o Brasil nunca viu. De repente, o Tardezinha ficou maior que o próprio Thiaguinho. Aí, chegou a hora de parar e colocar a carreira nos eixos. Ele brigou com a gravadora, separou, e as coisas começaram a desandar. Mas a fé de Thiago parece ser maior.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Ele acaba de emplacar o hit “Falta você”, que transcendeu. Além de vitalizar não letra, Thiago colocou uma dancinha a lá TikTok que pegou fácil, e isso impulsionou ainda mais a canção. O ponto negativo, que era a dependência do Tardezinha, ele conseguiu superar. Thiaguinho dá sinais claros de que é o sucessor do grandioso Alexandre Pires.

Ferrugem

Vamos de Ferrugem, o número 2 atualmente. Ele é uma das maiores vozes da nossa música. E calhou dele ser pagodeiro. Com sua versatilidade vocal poderia fazer uma dupla sertaneja ou um tremendo cantor de forró. O melhor é que essa fácil “transição” de Ferrugem faz de seu show nada monótono. Vai do partido alto ao romântico mela cueca. 

Tem hora pra tudo, Ferrugem remete à alegria, à festa. Seu público é composto por casais e futuros casais. O ponto fraco de Ferrugem pode ser vantagem e tanta para outros. Ferrugem é eclético demais. Vai lançar música com a Iza e meu medo é de qualquer dia ele estar numa coreografia à lá Anaconda com Luísa Sonza. 

Dilsinho

Chegamos a Dilsinho. Como esse rapaz evoluiu. Impressionante! Mostrou que tem muito talento e emplacou muitos hits e parcerias certeiras. Sabe se posicionar no palco. O que eu quero dizer com isso? Apesar de ter a beleza a seu favor, ele não fica fazendo pose de sexy symbol, nem caras e bocas para as fãs. 

Por que ele não faz isso? Ele sabe que afastaria o público masculino. Homens costumam relutar em pagar para ver outro homem sensualizando no palco. O ponto negativo de Dilsinho é a melancolia. Romântico demais, apaixonado demais, meloso demais. Uma variedade maior lhe cairia muito bem. 

E os shows, quanto custam? 

Os contratantes que desejarem levar um dos três para seus eventos terão de preparar o bolso. O cachê para show dos três varia entre 150 e 200 mil reais.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

Mais lidas
Últimas notícias