Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Por que os casais do Power Couple Brasil se separam após o programa?

A coluna LeoDias conversou com a psicóloga Leninha Wagner para entender por qual motivo isso acontece todos os anos

atualizado 17/05/2022 7:30

Power CoupleDivulgação

A sexta temporada do Power Couple Brasil já começou e 13 novos casais disputarão o prêmio de até R$ 1 milhão. Desde a sua estreia com a apresentação de Roberto Justus, depois Gugu, e agora Galisteu, um fato sobre este programa chama atenção de quem o acompanha: muitos dos maridos e esposas que participam do reality show se separam após terem suas vidas expostas na televisão. A coluna conversou com a psicóloga Leninha Wagner para entender por qual motivo isso acontece.

“As relações necessitam de um espaço onde um possa guardar a memória atrelada à fantasia do primeiro encontro. Casais se apaixonam pela idealização que constroem um do outro. Isso gera admiração e vontade de descobrir os segredos, revelar os mistérios. E a única possibilidade disso acontecer é ficando junto. Porém, com a tentativa de explorar o território do outro sem manter reservas e limites, nos expomos e invadimos a privacidade que era justamente o espaço de construção para a apreciação alheia”, diz Leninha.

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

Ainda segundo a psicóloga, depois de vivenciar uma experiência como a do reality show de casais da Record, não há mais o conforto do “nós” entre eles e isso pode ser prejudicial ao casal: “O que chamamos de amor, é na verdade toda a “impossibilidade”, a relação é uma inequação onde o x da questão precisa ser mantido oculto, para que o equilíbrio esteja estabelecido em pequenas fantasias. O casal deve ser público, mas a relação precisa permanecer privada. O relacionamento se sustenta longe dos holofotes, diante da luz tudo se revela, as relações estão fadadas ao fim. O casal precisa de um certa zona obscura, pois mesmo orbitando o mesmo sistema,  lua e sol tem seus espaços delimitados para a aparição pública”.

“Eles precisam estar juntos, mas com margem de segurança dentro de seus próprios abismos siderais. Conscientes de que somos capazes de descrever alguns fenômenos, mas não de explicá-los. Cada casal deve tentar manter a intimidade para que unidos possam viver o que as palavras não dão conta de explicar e a “exposição midiática” pode corromper e separar. Esse tipo de “programa” onde a exposição e devassa da vida conjugal é o objetivo, por via de regra leva a dissolução da união”, completou a profissional.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

Mais lidas
Últimas notícias