Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Por que o público quer tanto ver Whindersson e Sonza juntos de novo?

A linda história de amor de Whindersson e Luísa Sonza pagou o preço da exposição e do julgamento

atualizado 15/09/2021 11:21

Reprodução/Instagram

Se existe um término de casamento mal contado, esse é o de Whindersson Nunes e Luísa Sonza. Era um conto de fadas, o encontro dos opostos, do côncavo e o convexo do Roberto Carlos numa versão do século 21.

E essa linda história de amor foram os próprios que criaram na nossa cabeça expondo o relacionamento através de suas potentes redes sociais. Então, arquem com as consequências…

0

Vamos lá destrinchar essa história. O jovem mais famoso do Brasil, nascido no interior do Piauí, numa das áreas mais pobres do país, se apaixona pela menina loira do extremo oposto do país e eles vivem uma paixão avassaladora.

O ápice foi um casamento onde todos os maiores influencers do país estavam presentes e transmitindo tudo através de seus telefones. A juventude brasileira parou. Foram quatro anos de um sonho. Mas vamos aos bastidores.

Eu recebia, vez por outra, mensagens “anônimas” com informações sobre crise e suposto fim do relacionamento durante quase um ano que antecedeu ao anúncio final. Sempre procurava Luísa. Ela sempre negava. Sou muito grato a ela por ter me procurado, no fim de abril de 2020, no início da pandemia, para anunciar a separação e explicar os motivos.

Explicar o inexplicável

Explicar o inexplicável. Por que, tadinha, nem ela sabia explicar. E o pior: por ser a loira gostosona que se casou com o maior fenômeno de humor criado pela internet no Brasil, ela ganhou uma má fama que não lhe pertencia.

Inexplicavelmente, ambos não explicaram claramente de quem partiu a decisão e o silêncio fez criar uma série de histórias cabulosas, e em todas ela era a vilã traíra e ele, a vítima sofredora. País machista adora esse tipo de trama.

Um tanto perdida e carente, ela se envolve com o terceiro personagem que o conto popular precisava, o bom e velho “Ricardão”. O nome do rapaz só fez tornar tudo mais crível.

Mais de um ano depois, Luísa precisou usar sua arte e lançar uma de suas melhores canções para explicar o fim do conto de fadas. Agora sim, estava tudo claro. “Quando segurei sua mão você soltou a minha e ainda me empurrou do penhasco”. A frase traduziu perfeitamente como uma menina recém-apresentada à fama se sentiu e foi julgada por todo um país injustamente.

Talvez por isso que o público queira tanto agora, ao ver os dois livres e desimpedidos, que o conto de fadas tenha um recomeço. É normal.

Ainda é difícil ver Luísa longe de Whindersson e vice-versa. Parece que eles nasceram tão distintos, que foram feitos um pro outro. Mas muita coisa aconteceu nesse meio tempo. São todos muito jovens, inexperientes e sob um holofote gigantesco. Uma pena.

Uma linda história de amor que paga o preço da exposição e do julgamento. Tomara que a vida já tenha lhes dado mais maturidade para perceber que o fim pode ser apenas o início de uma nova etapa.

Últimas notícias