Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

“Nem deveria estar solto”, diz Marília Mendonça sobre DJ Ivis

Cantora pediu que aqueles que seguem DJ Ivis devem se retirar das redes sociais dela: "O que vocês estão fazendo não faz sentido nenhum"

atualizado 12/07/2021 17:24

reprodução

Marília Mendonça voltou a falar sobre o caso do DJ Ivis, que agrediu a ex-mulher Pamella Holanda na frente da filha do casal de apenas 9 meses, e que veio à tona após reportagem da coluna Leo Dias. Na tarde desta segunda-feira (12/7), a cantora mandou um recado bem direto aos seus 33,5 milhões de seguidores no Instagram.

“Eu estava lendo umas coisas aqui e fiquei muito indignada. Vim falar um coisa muito séria para vocês. Se você é meu seguidor, acompanha o meu trabalho, sabe quem eu sou, conhece a minha vida, conhece a minha luta, está começando a seguir aquele agressor agora, te convido a se retirar das minhas redes sociais, a parar de me seguir, porque não faz sentido nenhum você me acompanhar aqui, saber de toda a minha luta e seguir um agressor desse. O que vocês estão fazendo não faz sentido nenhum”, ressaltou.

0

A cantora continuou: “Uma pessoa que começa a seguir um cara desse depois de tudo que viu, isso diz muito sobre essa pessoa. A minha luta não é essa, e se uma pessoa faz uma coisa dessa é porque a minha luta nunca te atingiu. Então você não sabe nada do que eu represento, do que faço na minha vida. De verdade, fico indignada com uma situação dessa, dessa situação ser tratada como uma fofoca qualquer, uma polêmica qualquer, a gente não está falando sobre isso, existe um limite de caráter”, declarou.

“Acompanhar uma fofoca e fazer crescer as redes sociais de um cara como esse, não tem sentido nenhum. Só coloca a mão na consciência e reflete porque vocês estão fazendo crescer uma rede social de um cara que nem solto deveria estar depois de tudo o que a gente viu, que dirá falando abertamente para milhões de pessoas. Só pensa um pouquinho só, tá?”, finalizou Marília.

Iverson de Souza Araújo, mais conhecido como DJ Ivis, agrediu a mulher Pamella Holanda, de 27 anos, em 1° de julho, e, no dia seguinte, após tê-la ameaçado com uma faca. Segundo fontes ouvidas pela coluna, a polícia foi chamada e ambos foram levados à delegacia metropolitana de Eusébio, no Ceará.

No dia 4 de julho, a Justiça do Ceará emitiu uma medida protetiva em caráter de urgência a favor de Pamella e de sua filha, Mel, de apenas 9 meses. Instruído por seus advogados, Ivis retirou todos seus pertences de casa, inclusive todo o dinheiro guardado.

Últimas notícias