Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Jorge & Mateus revelam participação especial em novo DVD: “Presentão”

Dupla sertaneja revela bastidores da carreira em série produzida com a cervejaria Brahma

atualizado 24/03/2021 13:20

Você já imaginou o que acontece nos bastidores da carreira dos seus ídolos? Com cenas inéditas e curiosas da carreira da dupla Jorge & Mateus, os sertanejos trazem em parceria com a cervejaria Brahma a série Bastidores Brahma, com cinco episódios.

O programa mostra um lado dos artistas pouco conhecido, que vai além dos palcos, mostrando suas vivências da estrada.

A estreia acontece nesta quinta-feira (25/3), às 19h, diretamente do IGTV e do canal do YouTube dos artistas e da marca.

0

“Estamos levando para as pessoas aquilo que elas realmente desejam e não apenas o que acreditamos que elas querem, além de mostrar um lado pouco conhecido de seus cantores prediletos”, afirma Gustavo Castro, diretor de Marketing de Brahma.

Muita gente acaba falando da dupla como se Jorge & Mateus fossem uma pessoa só. Agora, as pessoas poderão estar um pouco mais próximas dos dois, sabendo detalhes da relação entre os músicos.

A dupla revelará tudo sobre o processo criativo de suas canções e curiosidades da carreira, além de trazer trechos inéditos das músicas do seu novo projeto audiovisual: Tudo em Paz.

A coluna Leo Dias bateu um papo com os cantores, que falaram sobre a série, carreira, pandemia e, claro, deram spoiler do que vem por aí. Confira!

Em meio à pandemia, qual situação de bastidores/estrada vocês sentem mais falta?

Jorge – A gente sente falta de tudo, de ter dias normais com notícias boas. Sentimos falta do público, da estrada, da rotina… Eu, particularmente, acho ruim o fato de não estar trabalhando, de acordar cedo sem perspectiva de saber que dia vamos poder voltar a cumprir nosso ofício. E o desejo que, no fim de tudo isso, as pessoas tenham uma lição. O objetivo disso tudo é também que a gente repense certas coisas, valorize coisas que são importantes e que a gente esquece quando está tudo normal.

Quais são as principais diferenças e semelhanças entre vocês?

As pessoas que acompanham a gente sabem que somos pessoas diferentes. Isso é uma questão muito importante para a dupla. Essas diferenças são colocadas no nosso trabalho, nossos gostos, nossas personalidades. O que temos em comum é o fato de viver a música de forma tranquila e leve, assim como nossa vida. Apesar de estarmos sempre viajando, cantando para grandes públicos e estarmos, de certa forma, em evidência, conduzimos nossa vida de forma tranquila em relação a isso. Sabemos que trabalhamos com música e vivemos disso. E é o mais importante em qualquer aspecto. Vivemos nossa vida agitada de forma serena.

Longe dos palcos, o que vocês têm feito para se manterem próximos dos seus fãs?

Mateus – Nessa época fica difícil se aproximar dos fãs de forma real. Por isso, mais uma vez, a gente está utilizando as plataformas digitais para que a gente fique um pouco menos distante deles. É uma forma nova também, todo mundo passando por essa adaptação da internet, das redes sociais. É algo que vai perdurar. Talvez seja, quem sabe nos próximos anos e gerações, uma proximidade real. A gente tem de se adaptar, quem veio de uma geração passada. A gente viveu os dois mundos, o analógico e o digital. Acho que isso vai ser estar próximo dos fãs e estamos aprendendo com tudo isso.

O que podemos esperar desse novo DVD? Teremos algum feat?

Jorge – Esse trabalho novo foi feito durante a pandemia. A gente já estava escolhendo as músicas em 2019, olhando repertório. É um trabalho que vínhamos pensando antes. Foi um trabalho muito legal, porque apesar dessa loucura toda, ele foi conduzido de forma tranquila. A gente não fez nada com pressa. A questão de gravar sem público é algo que nunca tínhamos feito, foi uma experiência nova. É um repertório variado, que tem um pouco de tudo o que Jorge & Mateus representa musicalmente falando. Tem uma super participação no DVD, da Marília Mendonça. A gente já tinha combinado de gravar antes, mas não aconteceu, em um trabalho dela. Ela estava grávida, depois veio a pandemia. Então, decidimos antecipar, trazê-la para um projeto novo. Era uma música que ela conhecia e gostava. Então, foi um presentão.

Falando de processo criativo, como foi a trajetória de concepção do projeto, em especial em um cenário tão diferente?

Mateus – O processo criativo foi como todos os nossos outros trabalhos, a gente via fazendo passo a passo, tendo ideias durante os dias que estamos reunidos. Geralmente, é um local para produzir e arranjar as músicas. As ideias vão surgindo de forma natural. O cenário nem é tão diferente. São dois cenários, na verdade, um primeiro mais intimista, apesar de ter um background futurista digital em meio à paisagem de Pirenópolis. E o segundo uma parte mais banda, como se fosse um show, dentro de um local fechado, inclusive utilizando a parte tecnológica de visual. Nem considero tão diferente. São dois sabores que consideramos bastante: o mais intimista e aquela coisa mais punch, com banda e tocando mais alto.

Podem dar spoiler do que irão compartilhar com os fãs ao longo dos 5 episódios?

Mateus – Vou dar um spoiler, sim. Vai ter muita história bacana e inédita. Pode ter certeza que vão ter histórias inéditas no Bastidores Brahma, histórias por trás das composições, dos arranjos, da produção. Vamos comentar um pouco sobre as letras no sentido de algumas músicas, de uma forma bem humorada e leve, em parceria com a Brahma.

Mais lidas
Últimas notícias