Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

“Eu acho o Celso Portiolli ingrato”, diz Goiabinha, ex-diretor do SBT

Considerado um importante diretor na época, Goiabinha foi demitido em 2012 sem o aval da Diretora Geral do SBT

atualizado 13/05/2021 13:27

Divulgação SBT

O ex-diretor do SBT Walter Wanderley, mais conhecido como Goiabinha, participou da live Aquela Infância com Rebeca Agapito, na qual desabafou sobre os 25 anos em que esteve na emissora e se mostrou revoltado com Celso Portiolli, apresentador do Domingo Legal desde 2009.

Durante a entrevista, Rebeca relembrou que Goiabinha ajudou vários artistas da televisão e perguntou quais foram os mal-agradecidos. “Celso Portiolli é ingrato. Ele foi muito ingrato comigo. Porque quando ele tinha condições de me segurar…”, disse ele, sobre o apresentador não tê-lo ajudado a manter seu emprego no SBT.

0

Ele continuou as críticas a Celso lembrando que foi a primeira pessoa a dar oportunidade para o apresentador na TV. “A primeira vez que veio uma fita cassete no meu nome endereçada por ele, eu poderia ter jogado no lixo. Ele não era quem é hoje. Peguei a fita e passei à frente, até chegar no Silvio Santos”, revelou.

“Quando chegou a fita, ele veio trabalhar. Se correr atrás no meu Facebook, em algum lugar do passado tem algumas fotos, eu e ele, que chegou com um Chevette, fudido. Ele e a esposa dele. Humildezinho, deixava ela lá fora, entrava e resolvia o que tinha que resolver. Não estou falando mal. Estou falando da ingratidão”, comentou.

Considerado um importante diretor na época, Goiabinha foi demitido em 2012 sem o aval da Diretora Geral do SBT, Daniela Beyruti, filha de Silvio Santos, e de quem era braço direito. Três anos antes da demissão, ele recusou uma proposta da Record TV para acompanhar Gugu Liberato.

Últimas notícias