Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Erasmo diz que falhas na inseminação artificial de Pugliesi motivaram fim do casamento

Erasmo esclareceu dúvidas sobre o motivo da separação e um deles foi o desgaste pelas tentativas frustradas de gerar um filho com Pugliesi

atualizado 19/10/2021 10:15

Erasmo Viana, de A Fazenda 13, revelou o processo de um ano que ele e sua ex-mulher, Gabriela Pugliesi, passavam para tentar engravidar. Em conversa com MC Gui e Tati Quebra Barraco, ele explicou que tentavam fazer inseminação artificial e atualmente possuem cinco embriões congelados. O casamento chegou ao fim após quatro anos juntos e, de acordo com o influenciador, as motivações foram duas: o desgaste pelas tentativas de gestação e uma conversa de cinco anos atrás que Gabriela leu em seu celular. 

Na ocasião, Erasmo contou que as diversas tentativas sem sucesso de Gabriela engravidar também pesou na decisão de separação. “Mas [o relacionamento] já estava desgastado, o fato de a gente não estar conseguindo engravidar, porque era coisa de Deus… A gente estava em um processo de um ano para ter filho, mais de um ano na verdade, fazendo todo tipo de tratamento, gastando uma grana. Tipo assim, já estava esse lance de menino ou menina, já estava há muito tempo discutindo, já vendo um monte de coisa”, revelou.

0

Atualmente o ex-casal possui cinco embriões congelados, mas por motivos legais só podem descartá-los após três anos. Ainda para ele, foi questão divina a gravidez não ter acontecido, pois não era pra ser. “(…) A gente estava passando por esse processo, a gente fazia a inseminação, só que eles falam que Deus tem que colocar o embrião no óvulo. A gente estava forçando a situação que não era pra acontecer”.

O peão ainda aproveitou para esclarecer a dúvida de muitos ao reforçar que os dois são saudáveis e mesmo com todos os tratamentos, não conseguiam gerar um filho. “(…) São coisas de Deus, não tem outra explicação, porque assim… A gente já estava fazendo a parte da inseminação artificial, que é o que a ciência chegou mais perto de gerar um filho e o processo mais caro que tem, uma grana fazer isso”, continuou. 

O investimento estava acontecendo em todos os âmbitos da vida do ex-casal e a mudança de residência já era quase uma realidade. O financiamento do quase-novo lar custou R$ 6 milhões e todos os documentos já haviam sido assinados pelos dois, mas eles se separaram um tempo depois.

Últimas notícias
Mais lidas