Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

DJ Batata joga a real sobre Biel: “Não acredito nele dentro da música”

Atual empresário de Jojo Todynho, Batata trabalhou com o cantor no início da carreira dele

atualizado 23/10/2020 15:41

Biel em A Fazenda 12Record/Reprodução

DJ Batata foi o convidado desta sexta-feira (23/10) do Tô na Pan, na Rádio Jovem Pan, com Leo Dias e Ligia Mendes. Durante o bate papo, o carioca relembrou tudo o que já viveu trabalhando com o polêmico cantor Biel e revelou algumas das estratégias que montou ao lado de Jojo Todynho, sua atual pupila, antes de o confinamento de A Fazenda 12 começar.

Os telespectadores do reality rural da Record TV já devem ter percebido que Jojo e Biel não se dão bem dentro do reality, né? Mas DJ Batata é um nome que os liga. Antes de bombar ao lado da dona do hit Que Tiro Foi Esse, o DJ era empresário do jovem paulistano e foi também o intermediário entre ele e a gravadora Warner Music.

Questionado se aceitaria reatar um contato profissional com Biel, o amigo de Jojo disse não. “Não aceitaria mais ser o empresário dele porque nós já não acreditamos mais nele dentro da música. O Biel está tomando caminhos muito diferentes do que combina com ele, de fato. Eu sou mais popular e gosto de fazer músicas que vendem. Hoje o Biel quer fazer rap e trap e é um lado que não é comercial aqui. O Gabriel está seguindo um caminho sem destino”, disse.

0

Batata contou da relação entre os dois no começo da carreira de Biel. “Ele [Gabriel] passou um tempo comigo no meu apartamento no Rio de Janeiro. O Biel tinha 18 anos. Quando eu vim pra São Paulo, ele veio comigo também e ficou no meu apartamento. Daí aluguei uma casa pra ele em São Paulo também. Depois de um tempo, nós tivemos opiniões contrárias”, disse Batata.

O produtor contou que o cantor de Química era um menino muito novo quando trabalhavam juntos, querendo apenas curtir a vida. “Foi aí que eu vi que, então, não poderia mais ajudá-lo. Quando as pessoas falam e ele fala também que a gravadora tinha todos os direitos do som dele, isso é óbvio, e nós precisamos entender uma coisa. A gravadora tem os direitos do som de um artista porque ela custeou toda a produção da música, a produção dos clipes e o marketing digital para a divulgação de seus lançamentos, entende? A gravadora é dona dos direitos e dos streamings porque ela precisa faturar também”, pontuou o DJ.

Além de afirmar que, dentro do mercado fonográfico do Brasil, o ex da modelo Duda Castro não possui mais espaço, o DJ e produtor afirmou que não gostaria mais de firmar contrato com Biel, pois ele foi muito ingrato após o sucesso alcançado. “O Batata também, ainda, enxerga muita ingratidão nele, sabe? Hoje nós nos falamos. A gente se fala de boa. Mas no momento em que ele estava no auge, eu senti que fui esquecido.”, finalizou.

Últimas notícias