Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

“Dar um tempinho na palhaçada, do TikTok”, alfineta Samantha Schmütz

Atriz e humorista alfinetou artistas que não se posicionam sobre os acontecimentos relacionados à pandemia e à crise política no Brasil

atualizado 17/06/2021 9:36

samantha schmutz saia justa gntReprodução/Instagram

Samantha Schmütz participou do programa Saia Justa, do GNT, dessa quarta-feira (16/6), e aproveitou a oportunidade para desabafar após se tornar alvo de ataques na internet desde que assumiu um posicionamento contra a pandemia e, com isso, contra também o governo federal. A atriz e humorista tem criticado, quase que diariamente, artistas e influenciadores digitais que “não se posicionam”, segundo ela, publicamente. O engajamento de Schmütz ganhou destaque após a morte do amigo ator Paulo Gustavo.

“Quem tem voz, tem que falar. Pra que você tem voz? A gente tem que silenciar quem não quer falar. Eu não parei de seguir muitas pessoas que eu até gostaria, mas eu não vou dar like, não vou curtir, não vou dar engajamento pra quem não estou vendo se preocupar com o país. Eu fico indignada com quem tem voz e não fala”, desabafou.

0

“Eu sempre me posicionei. Falando da minha área, é um governo que, desde o dia um, é contra a cultura, mas até aí se posiciona quem quer, enfim. Mas agora, nessa situação de vida e morte, não é escolha. Eu sempre me posicionei”, continuou a artista, que logo em seguida, lembrou do amigo Paulo Gustavo: “Ele era um símbolo, uma alegria do Brasil, é como se todos nós tivéssemos sentido a morte de um parente muito próximo. É isso que eu escuto das pessoas na rua. Isso realmente mexeu muito comigo”.

Repensar foi um dos pedidos de Schmütz: “E o que a gente pode fazer pra ajudar? Vamos dar um tempinho da palhaçada, do TikTok, da dancinha, pode fazer tudo, mas o assunto tá muito sério. Eu passo por feeds em que as pessoas estão vivendo num mundo de Nárnia, um mundo que não é o meu, então até entendo elas não falarem, estão em outro país. Não é possível. Ostentar agora é cafona”.

Censura

A humorista também falou a respeito do episódio em que sua conta do Instagram foi censurada. Astrid Fontenelle lembrou que, para que uma conta da rede social seja derrubada, é preciso um alto número de denúncias. “Ninguém faz mutirão para tirar ou botar ou pedir vacina?”, cutucou Schmütz.

O Saia Justa é apresentado por Astrid Fontenelle e conta com Pitty, Gaby Amarantos e Mônica Martelli no elenco.

Últimas notícias