Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

“Conduta típica de machista misógino”, diz especialista sobre Nego do Borel

Nego do Borel é acusado de ter tentado fazer sexo forçado com a modelo Dayane Mello no reality

atualizado 25/09/2021 17:15

Reprodução

O sábado (25/09) está sendo marcado pela repercussão do caso que ocorreu nesta madrugada em A Fazenda 13, da Record. O cantor Nego do Borel, participante do reality rural, é acusado de ter tentado fazer sexo forçado com a modelo Dayane Mello lá no confinamento de Itapecerica da Serra, depois da já tradicional festa de sexta-feira do programa. 

Diante da situação, a coluna LeoDias resolveu ouvir o psicólogo Alexander Bez. Para ele, a suposta ação do artista “evidencia o tipo de personalidade machista misógina controladora por parte de Nego do Borel”.

0

“Quando falamos em agressividade contra a mulher, temos que entender de que todos e quaisquer atos de violência contra a mulher configurar-se sob uma integral Júdice de ‘violência sexual e profundo controle dominador’, mesmo quando não há uma efetivação sexual já realizada. Nessa atual ação, a de Nego do Borel, em tentar supostamente forçar o ato sexual sem a permissão de Dayane Mello, só evidencia claramente o tipo de personalidade ‘machista misógina controladora’ por parte desse agressor nitidamente urbano”, explica o especialista. 

As tentativas de sexo forçado não são apenas um gravíssimo delito como são também  o maior de todos os delitos que possam atingir um mulher, principalmente quando ela está alcoolizada, de acordo com Alexander Bez. 

“Potencializando mais ainda essa execrável ação. A agressividade contra a mulher tem quatro níveis, embora possam ser cronologicamente aplicados em escala crescente, podem também ser praticados isoladamente e não na ordem. São eles: agressividade verbal, agressividade física, agressividade sexual (tentativa e/ou ação consumada de estupro) e agressividade fatal”, informa.

E completa: “Na A Fazenda, além das habituais demonstrações de conduta irracional agressiva, se realmente for comprovado, ele passou de todos os limites ao tentar forçar o sexo não consentido com Dayane Mello, não estando no seu maior controle de suas faculdades mentais, por estar dopada por uso de substância lícita (álcool). Conduta essa típica de um machista, controlador e abusador. Vale lembrar que há uma distância astronômica entre o machista (que é com o m minúsculo) e o homem Macho, que por respeitar a mulher tem o direito nem ter o M maiúsculo”.

Entenda o caso

No quarto da sede de A Fazenda 13, durante a madrugada deste sábado (25/9), Dayane Mello, visivelmente bêbada, foi se deitar e Nego do Borel estava na cama. O cantor Mc Gui questionou se a modelo queria mesmo ficar ali e, em seguida, Tati Quebra Barraco e Solange Gomes falaram para o peão não tentar nada, pois a modelo estava sob efeito de álcool.

Os peões ainda orientaram Nego do Borel a deixar a cama. Mc Gui falou que ele deveria sair, pois, com a moça bêbada, ele seria acusado. O cantor, no entanto, permaneceu no local.

Os peões ainda orientaram Nego do Borel a deixar a cama. Mc Gui falou que ele deveria sair, pois, com a moça bêbada, ele seria acusado. O cantor, no entanto, permaneceu no local.

Até o momento, a Record disse que está investigando o caso e anunciará o desfecho de sua decisão na noite deste sábado, ao vivo, no reality show.

Últimas notícias