Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Caso Virgínia: veja por que não saber sexo do bebê pode ser benéfico

A decisão da influenciadora causou muita repercussão e curiosidade nas redes sociais

atualizado 06/05/2022 15:56

Zé Felipe e Virgínia FonsecaReprodução/instagram

Na última sexta-feira (29/4), Virgínia Fonseca afirmou que não fará chá de revelação para descobrir o sexo de seu segundo filho. A informação foi divulgada através de seu canal no YouTube e foi tomada em comum acordo com Zé Felipe. A coluna LeoDias ouviu especialistas e te conta por que não saber o sexo do bebê até a hora do parto pode ser benéfico para a saúde.

De acordo com o especialista em Neurociência Comportamental Yuri Utida, optar por saber o sexo do bebê apenas no parto pode influenciar de forma positiva a maneira como os pais lidam com a gestação e com o futuro do bebê. “Sempre que a gente descobre o sexo do bebê, isso é feito com a intenção de algum planejamento, com a construção de expectativas. Em razão das pré-definições sociais e culturais, as pessoas começam a decorar o quarto com algumas cores e têm expectativas que podem influenciar todo o crescimento desta criança”, destaca.

0

Em suas redes sociais, Virgínia já falou sobre as possibilidades do sexo da criança. “Da Maria Alice, eu sempre quis ser mãe de menino, mas depois comecei a sentir que era menina e veio a Maria. Dessa vez eu queria que fosse outra menina, mas eu tô sentindo que vai ser um menino”, contou a influenciadora.

A psicogenealogista Roberta Calderini, que estuda os efeitos dos acontecimentos nos primeiros anos de vida de uma pessoa, relata que a personalidade, a inteligência e os traumas de um adulto podem ser relacionados a sentimentos experimentados ainda no ventre da mãe. “O nosso coração tem neurônios e, a partir das cinco semanas de gestação, esse órgão já está formado e batendo no ventre da mãe. Desta forma, todos os sentimentos da mãe em relação ao bebê ou ao meio externo são sentidos por ele. Esses sentimentos vão ficar gravados na mente da criança, podendo se manifestar ao longo dos anos”, destaca.

Em tempos de ansiedade e antecipação do futuro, tomar conhecimento do sexo do bebê apenas na hora do parto é um decisão que assusta, mas traz tranquilidade para os futuros pais. Tanto que no vídeo da revelação, Fonseca disse que não descobrir o sexo a ajudaria a lidar com a gestação, tornando o período mais leve e ainda afirma: “Eu quero saber a emoção de saber no dia do nascimento”, conclui.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento, siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

Mais lidas
Últimas notícias