Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Após negar Réveillon de Neymar, agência diz que festa terá 150 pessoas

A Fábrica, agência responsável pela produção do evento de Neymar, se pronunciou nas redes e confirmou que irá realizar uma festa privada

atualizado 27/12/2020 21:06

Neymar psgAurelien Meunier - PSG/PSG via Getty Images

Após a ampla exposição da festa de Réveillon de Neymar na mídia, inclusive em veículos internacionais, a comemoração quase foi cancelada. Isso porque, de acordo com pessoas próximas ao atleta, o pai dele teria recebido e-mails de patrocinadores que não estavam satisfeitos com essa postura. Dentro desse cenário, ficou decidido que a festa irá acontecer, mas em proporções menores.

A Fábrica, agência responsável pela produção do evento, se pronunciou nas redes sociais e confirmou que irá realizar uma festa privada na Costa Verde, mas sem venda de ingressos e para apenas 150 pessoas. A empresa disse ainda que a festa é uma produção dela, tirando o peso das costas do jogador. Confira a íntegra da nota:

0

“A agência Fábrica esclarece que é a idealizadora e produtora de evento de réveillon na região da Costa Verde, no estado do Rio de Janeiro, que receberá aproximadamente 150 pessoas.

A realização do evento se dá cumprindo todas as normas sanitárias determinadas pelos órgãos públicos. A empresa esclarece também que o evento privado, com acesso exclusivo para convidados e sem vendas de ingressos, acontece com todas as licenças dos órgãos competentes necessárias para a sua realização. Bem como tem procedido em todos os eventos privados da agência no Rio de Janeiro e Ceará”.

O “Neymarpalooza” começou neste sábado (26/12) com shows do Os Olimpios e Vou pro Sereno e vai até o dia 1/01. De acordo com informações enviadas a coluna, nomes como Alexandre Pires, Kevinho, Bruninho e David e Jeito Moleque também compõe o line-up do “festival” do menino Ney. O jogador já proibiu o uso de celulares para evitar exposição do evento.

Últimas notícias