Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Análise: Power Couple não é um reality de casais, e sim, de brigas

Brigas por muitas vezes são o ponto alto de realities, mas no Power Couple elas parecem cada vez mais superficiais

atualizado 09/06/2022 10:54

Power Couple Brasil Reprodução/ Record

Podemos concordar que os bate bocas em reality shows, muitas vezes, são os pontos altos das edições. São os momentos que geram debate nas redes, que criam afeto por um ou outro personagem, além de serem as situações mais compartilhadas nas redes sociais. Um reality que aposta muito (ou quase tudo) nas brigas é o Power Couple. No entanto, com tantas discussões — a maioria por motivos fúteis — que chegam até a impedir o público de entender as relações no programa, o programa da Record TV trilha um caminho tortuoso. 

Desde o início da competição, não teve uma semana sequer em que os participantes não entraram em atrito, pelos motivos mais banais. Nessa quarta-feira (8/6), o casal Karoline Menezes e Mussunzinho tretaram com Brenda e Matheus após provocações na formação da 5ª DR. A briga chegou perto de se tornar física após Brenda jogar água em Karoline, que quase jogou um prato em Brenda. Mais uma vez, a produção do reality teve que intervir e o sinal foi cortado. 

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Gritos, pessoas correndo e a Record tentando impedir o pior: esse é o roteiro que tem sido seguido no Power Couple deste ano. Brigas, como dito anteriormente, são fundamentais para a criação de narrativas, afetos e ligação com um público, mas no Power Couple 6, elas perderam o sentido. Os participantes brigam por brigar, os gritos não ajudam a entender o contexto dos conflitos, o que desagrada parte da audiência.

No início deste ano, muito se questionou a falta de conflitos no BBB22, com razão. Em grande parte do programa, os participantes se negaram a debater, causando a sensação de que o público assistia a uma colônia de férias. No entanto, o Power Couple, seguindo o caminho exatamente inverso, tampouco agrada a audiência, uma vez que os participantes estão mais preocupados em brigar do que na construção das próprias narrativas. O ano de 2022, até aqui, ficará como lição de como um participante não deve se portar em um reality, e ele pode seguir o exemplo do BBB22 ou do Power Couple 6. 

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

Mais lidas
Últimas notícias