Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Prudente pede a Torres remoção de chefes do PCC de presídio no DF

Pedido já havia sido feito pelo governador Ibaneis Rocha por temer que presença em Brasília gere risco à segurança dos Poderes da República

atualizado 04/05/2021 14:41

Reprodução / Instagram

O presidente da Câmara Legislativa (CLDF), Rafael Prudente (MDB), solicitou ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, a transferência para outras cidades de lideranças  do crime organizado que estão no Presídio Federal de Brasília. Um dos mais conhecidos é o líder do Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcos Willians Herbas Camacho, mais conhecido como Marcola.

Durante encontro no Ministério da Justiça, realizado na segunda-feira (4/5), o deputado distrital reforçou o pedido já feito anteriormente aos titulares da pasta pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), após o ex-ministro Sergio Moro ter transferido os criminosos para Brasília. Torres era secretário de Segurança Pública do DF na época.

“Fui pessoalmente conversar com o ministro da Justiça, Anderson Torres, e pedir sua ajuda e apoio para que seja corrigido o erro cometido pelo ex-ministro Sergio Moro, que permitiu a transferência dos chefões do crime organizado do Brasil para o presídio de segurança máxima do Distrito Federal”, iniciou.

“Na ocasião fiz um apelo ao atual ministro para que esses criminosos sejam transferidos de Brasília para outros estados. Não podemos aceitar que esses criminosos permaneçam no presídio de Brasília que fica apenas a 20 km de distância do centro do poder da República. O erro maior foi a construção do presídio de segurança máxima do DF. Essa situação aproxima da capital da República criminosos de outros estados”, escreveu no Instagram.

Veja a publicação:

Últimas notícias