Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Presidente do SindSaúde-DF é transferida para atendimento domiciliar

Para evitar infecção por Covid-19, Marli Rodrigues receberá acompanhamento médico em casa após retirada de aneurisma no cérebro

atualizado 01/03/2021 18:55

Rafaela Felicciano/Metrópoles

A presidente do Sindicato dos Funcionários em Estabelecimentos de Saúde do Distrito Federal (SindSaúde-DF), Marli Rodrigues, foi transferida, na tarde desta segunda-feira (1º/3), para a modalidade de atendimento domiciliar.

Ela estava internada em hospital particular localizado na Asa Sul após passar, no último sábado (27/2), por uma cirurgia no cérebro, mas precisou ser removida para casa para evitar riscos de infecção pela Covid-19.

Conforme noticiado pelo Metrópoles, a sindicalista passou por uma neurocirurgia para embolização de um aneurisma. A técnica consiste numa intervenção local, sem que haja a abertura do crânio, também chamada de via endovascular.

Segundo familiares, Marli Rodrigues passa bem, mas seguirá a recuperação total do procedimento em casa, com o acompanhamento de especialistas.

A representante de servidores da Secretaria de Saúde descobriu, há poucos meses, dois aneurismas, um em cada lado do cérebro. Na primeira etapa, foi tratado apenas um deles e uma segunda intervenção está marcada para o mês que vem.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Neurologia, estima-se que os aneurismas cerebrais ocorrem em 1% a 6% das pessoas, um índice que depende da população que foi estudada.

Últimas notícias