Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

GDF prepara convocação de aposentados para desafogar unidades de Covid

De acordo com chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, edital será publicado em edição extra do Diário Oficial (DODF) desta segunda-feira (22/3)

atualizado 23/03/2021 0:09

Gustavo RochaAllane Moraes Esp/Metrópoles

O secretário chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, afirmou nesta segunda-feira (22/3) que a convocação de aposentados da área de Saúde será publicada em edição extra do Diário Oficial (DODF). A ideia é que esses profissionais reforcem a atuação na linha de frente como forma de desafogar a rede pública local.

Durante coletiva de imprensa, o titular da pasta afirmou que, desde o início da pandemia, o Governo do Distrito Federal (GDF) contratou 6,5 mil pessoas para as áreas de Saúde e também Social (como as secretarias de Justiça, Desenvolvimento Social e da Mulher).

Na edição extra do Diário Oficial, o GDF publicou a realização de um processo seletivo simplificado emergencial composto exclusivamente por servidores públicos aposentados ou militares inativos para formação de cadastro dos seguintes profissionais de saúde para clínica médica, medicina intensiva adulta e médico nefrologia, além de fsioterapeuta, enfermeiros e técnicos em enfermagem.

O contrato será de um ano, podendo ser prorrogado. O resultado final será divulgado no dia 09 de abril de 2021, no site da Secretaria de Saúde.

Gustavo Rocha adiantou que a Secretaria de Saúde também tem aumentado a carga horária de servidores de 20 para 40 horas. “Até agora, 469 já manifestaram interesse em aumentar o tempo de trabalho. Traz um alívio na sobrecarga de trabalho”, disse.

 

Taxa de transmissão

As medidas restritivas anunciadas pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) também têm apresentado resultados. Segundo Gustavo Rocha, a taxa de transmissão caiu para 0.97 no último domingo (21/3). Na fase mais aguda da crise sanitária, o índice chegou a 1.38.

“Isso já é reflexo das medidas do governo. Numero de casos também caiu para 1.194 por dia e o isolamento social chegou a 45.1% no fim de semana, taxa melhor que registramos durante a última semana que foi de 37%. “Ainda não é o ideal, porque no ano passado, a gente chegou a 64%, mas é um indicativo de que a população está se conscientizando”, frisou.

Gustavo Rocha também informou que pelo menos 15 empresas demostraram interessadas na construção e gestão dos três hospitais de campanha a serem construídos no Distrito Federal. “Até o dia 14 de abril esses hospitais devem estar funcionando”, garantiu.

Até agora, segundo sublinhou, o governador Ibaneis já destinou R$ 2,270 bilhões exclusivamente para o combate à Covid-19 no Distrito Federal

Mais lidas
Últimas notícias