Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

DF: 6 mil professores podem receber a D2 da AstraZeneca a partir desta 3ª

Adiantamento ocorre com o objetivo da retomada das aulas presenciais, prevista para o início do mês de agosto

atualizado 26/07/2021 15:49

Mutirão de vacinação contra a covid-19 para quem tem 37 anos ou mais começa com alta procura nesta sexta-feira (23/07) no estacionamento 12 do parque da cidade.Hugo Barreto/Metrópoles

O secretário chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, informou nesta segunda-feira (26/7) que o Governo do Distrito Federal (GDF) decidiu antecipar, a partir desta terça-feira (27/7), a segunda dose da vacina contra a Covid-19 para profissionais da Educação que receberam a primeira aplicação de AstraZeneca. A declaração ocorreu durante coletiva de imprensa realizada no Palácio do Buriti.

O adiantamento, já previsto na bula do imunizante, ocorre com o objetivo da retomada das aulas presenciais, prevista para o início do mês de agosto.

“A partir de amanhã [terça-feira], haverá a antecipação da vacinação de 6 mil professores que tomaram a primeira dose da AstraZeneca. Então, eles podem procurar qualquer ponto, levando o cartão de vacinação e o crachá para que essas pessoas sejam vacinadas com a segunda dose”, disse.

Mais cedo, o governador Ibaneis Rocha anunciou que a vacinação contra a Covid-19 para pessoas a partir de 35 anos começa nesta quinta-feira.

Ibaneis disse à coluna Grande Angular que a ampliação da vacinação ocorre em função do recebimento de 43.210 doses para 1ª aplicação das vacinas Pfizer e Coronavac. Dessas, 1 mil doses serão destinadas à gestantes que tomaram a primeira dose da AstraZeneca.

Segundo Ibaneis, o Ministério da Saúde também enviará doses para D2.

 

Últimas notícias