Com Rebeca Ligabue, Sabrina Pessoa, Marcella Freitas, Carina Benedetti e Luiz Maza

Conheça o estilista que vestirá a Seleção Brasileira fora do campo

Pela segunda vez, Ricardo Almeida será o responsável pelos looks de alfaiataria usados pelos jogadores de futebol na Copa do Mundo

atualizado 20/09/2022 15:57

27/10/2021. Brasília-DF. Inauguração da loja Casa Ricardo Almeida. Fotos: Arthur Menescal/Especial Metrópoles Arthur Menescal/Especial Metrópoles

A Copa do Mundo de 2022 se aproxima — e a emoção já está à flor da pele. Além da performance dos jogadores de futebol, vale reparar nos looks usados pelos atletas. Pela segunda vez consecutiva, o estilista Ricardo Almeida assinará os visuais usados pela Seleção Brasileira fora do campo.

Vem saber mais!

Giphy/Arthur Menescal/Especial Metrópoles

 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou a dobradinha da parceria com o estilista Ricardo Almeida, que confeccionará ternos sob medida para os jogadores. A comissão técnica da Seleção Brasileira também usará visuais desenhados pelo designer.

O traje de gala foi desenvolvido em um tom cinza, com variações de gravata ou echarpe. De acordo com Ricardo Almeida, o projeto foi inspirado na cultura do país que sediará a Copa. “A Seleção já chega com uma história simpática ao Catar. Vai ser um trabalho muito bom para a gente e para a Seleção”, destacou à imprensa.

Desenho de terno cinza. Esboço de look criado por Ricardo Almeida para a Seleção Brasileira, na Copa do Catar
Na Copa do Catar, fora do campo, a Seleção Brasileira usará looks criados pelo estilista Ricardo Almeida

 

 

Desenho de terno cinza. Esboço de look criado por Ricardo Almeida para a Seleção Brasileira, na Copa do Catar
Além dos jogadores de futebol, a comissão técnica usará os ternos em cinza, feitos sob medida

 

Ricardo Almeida ajustando look em jogador de futebol
Na Copa de 2018, a delegação também usou peças criadas pelo estilista

 

Seleção Brasileira na Copa da Rússia
O visual anterior era azul

 

A primeira colaboração de Ricardo Almeida para a CBF foi em 2018, para a Copa da Rússia. Após o processo criativo inicial, cada integrante da Seleção foi atendido individualmente pelo estilista para a tomada de medidas e o desenvolvimento dos moldes.

Ricardo Almeida fundou a própria grife em 1983, em São Paulo. Naquele ano, o designer montou uma estrutura na própria casa e passou a criar para outras marcas. Foi em 1991 que abriu a primeira loja física da empresa homônima.

Ao longo dos anos, a label ficou conhecida pela alfaiataria personalizada e conquistou clientes famosos. Começou com foco em moda masculina para eventos de gala, trabalho e casamentos, mas, atualmente, a grife também oferece peças para mulheres. A etiqueta também foi um dos principais destaques do São Paulo Fashion Week.

Fernandinho com look ajustado por Ricardo Almeida
“Os jogadores não perderão a própria personalidade e a essência do universo esportivo ao usar uma alfaiataria. Quisemos desde o início respeitar essa premissa, uma vez que eu sempre valorizo, no meu dia a dia, a identidade e estilo de vida do cliente”, explicou Ricardo Almeida em 2018

 

Alisson Becker
Ricardo Almeida é referência em alfaiataria personalizada

 

Marcelo jogador de futebol
As gravatas foram confeccionadas em seda

 

Thiago Silva
Os sapatos também eram exclusivos

 

Copa do Catar

A Copa do Mundo do Catar acontecerá entre os dias 20 de novembro e 18 de dezembro de 2022. A Seleção Brasileira vai buscar o hexacampeonato, com embarque em 19 de novembro para Doha.

 

Colaborou Rebeca Ligabue

Mais lidas
Últimas notícias