Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Temer conversou com o presidente do STF sobre carta de Bolsonaro à nação

À coluna ex-presidente contou que Luiz Fux avaliou a declaração divulgada por Jair Bolsonaro como algo "bom para o país"

atualizado 25/09/2021 6:45

Igo Estrela/Especial para o Metrópoles

O ex-presidente Michel Temer (MDB) conversou com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, sobre a “declaração à nação” em tom de pacificação divulgada por Jair Bolsonaro em 9 de setembro.

A conversa ocorreu por telefone, na tarde do dia 9, após Temer se reunir com Bolsonaro no Palácio do Planalto para discutir a nota. Na hora da ligação, o atual presidente da República já havia publicado a declaração.

À coluna Temer confirmou a conversa. Segundo ele, logo que chegou a Brasília no dia 9, ligou para Fux a fim de informar que se encontraria com Bolsonaro. O ministro da Corte, porém, não atendeu naquele momento.

“Deixei recado e ele me retornou quando eu já estava no aeroporto. Ele disse que estava acompanhando a repercussão da carta e que aquilo era muito bom para o país”, contou o ex-presidente à coluna.

Fux também confirmou a conversa à coluna. Segundo interlocutores do ministro, Temer disse ao presidente do STF que havia sugerido a Bolsonaro a melhora na relação com os outros poderes, o que Fux gostou.

Como já mostrou a coluna, embora tenha elogiado a carta, o presidente do STF quer esperar um tempo para ver se a moderação de Bolsonaro é para valer. Só então, decidirá se topa um novo encontro com o presidente.

A passagem de Temer por Brasília em 9 de setembro incluiu ainda, como a coluna noticiou, duas idas ao Planalto e um encontro com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB).

Mais lidas
Últimas notícias