Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

PP dá ultimato e ameaça romper aliança com Rodrigo Garcia em São Paulo

Partido cobra do governador paulista cumprimento de acordo para distribuição de espaço à legenda no governo

atualizado 23/05/2022 11:16

O vice-governador e pré-candidato ao governo de São Paulo, Rodrigo Garcia. Ele é visto de perfil em entrevista, usando terno - MetrópolesFábio Vieira/Metrópoles

O Progressistas de São Paulo ameaça romper a aliança com o governador do estado, Rodrigo Garcia (PSDB). O motivo, segundo lideranças do partido, seria o “não cumprimento de acordo” para dar espaços à legenda no governo paulista.

Insatisfeitos, caciques do PP deram um ultimato a Garcia: caso o governador não cumpra o acordo, a sigla não apoiará sua reeleição e migrará para a candidatura do ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicamos) ao Palácio dos Bandeirantes.

O estremecimento da relação do PP com Garcia animou o grupo de Tarcísio e fez o ex-ministro adiar a escolha do seu candidato a vice-governador. A ideia é usar a vaga na chapa para atrair o apoio do PP ou do PSD de Gilberto Kassab.

Procurado pela coluna, Rodrigo Garcia não respondeu.

Mais lidas
Últimas notícias