Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi e Victoria Abel

Pazuello pede que PGR avalie “abuso de autoridade” de senadores da CPI

Pedido consta em manifestação do ex-ministro no âmbito da queixa-crime de senadores por suposto crime de prevaricação na compra da Covaxin

atualizado 30/06/2021 14:39

Renan Calheiros_CPI da Covid Edilson Rodrigues/Agência Senado

Na manifestação enviada à Procuradoria-Geral da República (PGR) nesta terça-feira (29/6), o general Eduardo Pazuello também solicita que o Ministério Público Federal avalie o possível cometimento de abuso de autoridade por senadores da CPI da Covid contra o ex-ministro da Saúde.

No documento, ao qual a coluna teve acesso, o militar cita declarações dadas pelo presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), e pelo relator, Renan Calheiros (MDB-AL), as quais Pazuello avalia serem “antecipação de juízo de valor” contra o general por parte dos parlamentares.

“Aliás, incumbiria uma análise efetiva por parte dessa Procuradoria-Geral da República a série de manifestações feitas por parte de membros da CPI com antecipação de juízo de valor a respeito dos fatos apurados, sendo a presente notícia crime também um exemplo”, disse Pazuello.

Na manifestação, o ex-ministro argumenta que “antecipação de atribuição de culpa antes de concluídas as investigações, inclusive em rede social, configura, em tese, o crime de abuso de autoridade” — tipo penal que ele ressalta que os membros do Congresso Nacional são sujeitos ativos.

Mais lidas
Últimas notícias