Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Oposição cobrará Lira votação de “arma” contra Bolsonaro em 2022

Relatório do projeto já foi apresentado na Câmara, e expectativa é construir acordo para que parecer seja votado na próxima semana

atualizado 04/11/2021 20:40

Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Deputados da oposição vão cobrar do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), a promessa de votar até o final de novembro, no plenário da Casa, o projeto de lei que torna crime a divulgação de Fake News.

Lideranças de partidos de esquerda apostam na proposta como a grande arma para conter a militância do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais nas eleições de 2022.

No PT, que deve lançar o ex-presidente Lula como candidato ao Planalto, a avaliação é de que somente com a punição de fake news será possível conter uma eventual máquina de desinformação bolsonarista.

O projeto foi aprovado no Senado em junho do ano passado. Na quinta-feira (4/11), o relator do texto na Câmara, Orlando Silva (PCdoB-SP), apresentou seu relatório com mudanças.

A presidente do grupo de trabalho, Bruna Furlan (PSDB-SP), prometeu a integrantes do Novo e do PSL convocar reuniões na próxima semana em busca de consenso para tentar votar o PL no grupo na próxima quinta-feira (11/11).

Na última semana, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que irá punir políticos que espalharem fake news nas eleições do próximo ano.

Parlamentares governistas pedem que o relatório de Orlando Silva traga definições do que são notícias falsas, com objetivo de evitar “ativismo judicial” no tema.

Mais lidas
Últimas notícias