Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

O que Lupi disse a empresários após o resultado de Ciro no Datafolha

Presidente do PDT participou de jantar com empresários do grupo Esfera nessa quinta-feira (26/5), em São Paulo

atualizado 27/05/2022 11:10

Carlos Lupi PDTIgo Estrela/Metrópoles

O presidente do PDT, Carlos Lupi, estava jantando com empresários do grupo Esfera Brasil, em São Paulo, quando recebeu o resultado da pesquisa Datafolha divulgada na noite dessa quinta-feira (26/5).

O levantamento, que mostrou avanço de 21 pontos de Lula (48%) em relação a Jair Bolsonaro (27%), logo virou alvo dos questionamentos do empresariado ao presidente do partido de Ciro Gomes.

Indagado se o pedetista, que apareceu em terceiro lugar com 7%, desistiria, Lupi foi categórico. Disse que “não há possibilidade de Ciro não sair candidato” em nome de uma terceira via.

O presidente do PDT argumentou que a candidatura de Ciro é importante para o debate. Também alegou que a pesquisa eleitoral é um retrato do momento, que nada está definido e que o pedetista ainda pode crescer.

Segundo relatos de empresários presentes, Lupi avaliou que o que estará em jogo na eleição deste ano será a economia. Nessa questão, Bolsonaro não levaria vantagem com o desemprego e a inflação em alta.

“Bolsonaro leva todo mundo para discutir TSE, urna eletrônica, aquele deputado Daniel Silveira, e não discute a realidade do Brasil”, disse Lupi. “Acho que isso é a Bela Adormecida: uma hora (o povo) vai acordar.”

O dirigente do PDT contou ainda conhecer Bolsonaro do Rio de Janeiro há 35 anos e que, até 15 dias antes das eleições de 2018, quando Ciro acabou em terceiro, não imaginou que conseguiria ser eleito, como foi.

Mais lidas
Últimas notícias